O Ator na Cena Cômica: Aproximações Entre a Teoria Bergsoniana do Riso e a Prática Cênica

Autores

  • Henrique Bezerra de Souza Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.

DOI:

https://doi.org/10.5216/ac.v2i3.43409

Resumo

O artigo apresenta uma reflexão da teoria bergsoniana do riso, buscando analisar implicações de suas aproximações com a prática cênica. Para tanto, tem como eixo central a teoria do mecânico colado no vivo de Henri Bergson na tentativa de utilizá-la como disparadora para proposições cênicas e cômicas no ofício do ator. Por fim, ao confrontar tais aproximações com os estudos de pesquisadores teatrais, aponta algumas restrições que o pensamento bergsoniano sobre o riso apresenta quando angulado sob a prática cênica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Henrique Bezerra de Souza, Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.

Doutorando em teatro pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), ator e diretor teatral.

http://henriquebezerrads.wix.com/henriquebezerra

Referências

ANDRADE, Elza de. Mecanismos de comicidade na construção do personagem: propostas metodológicas para o trabalho do ator. Rio de Janeiro: Programa de Pós-Graduação em Teatro/Universidade Federal do Rio de Janeiro, 2005. Tese (Doutorado em Teatro).

BAKHTIN, Mikhail. A cultura popular na idade média e renascimento: o contexto de François Rabelais. São Paulo: Hucitec, 1987.

BERGSON, Henri. O riso: ensaio sobre a significação da comicidade. São Paulo: Martins Fontes, 2004.

BONFITTO, Matteo. O ator compositor. São Paulo: Perspectiva, 2006.

________________. O ator pós-dramático: um catalisador de aporias?. In: GUINSBURG, J; FERNANDES, Silvia (orgs). O pós-dramático. São Paulo: Perspectiva, 2010. p. 87 – 100.

BORNHEIM, Gerd. Brecht: A estética do teatro. São Paulo: Graal, 1992.

BRECHT, Bertolt. Estudos sobre teatro. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2005.

FERNANDES, Silvia. Teatros pós-dramáticos. In: GUINSBURG, J; FERNANDES, Silvia (orgs). O pós-dramático. São Paulo: Perspectiva, 2010. p. 11 – 30.

GRANDE ditador, O. Direção, roteiro e produção: Charles Chaplin. Intérpretes: Charles Chaplin, Paulette Goddard, Jack Oakie, Reginald Gardiner, Maurice Moscovich. [S.l]: Charles Chaplin Productions; Warner Home Video, 1940. 1 DVD (126 min).

MENDES, Cleise Furtado. A gargalhada de Ulisses. São Paulo: Perspectiva, 2008.

RYNGAERT, Jean-Pierre. Ler o teatro contemporâneo. São Paulo: Martins Fontes, 1998.

SILVA, Daniel Marques da. O tipo cômico: construção dramatúrgica, atorial e cênica. Revista repertório. Salvador, Universidade Federal da Bahia, n. 8, p. 28 – 33, 2008.

TEMPOS Modernos. Direção, roteiro e produção: Charles Chaplin. Intérpretes: Charles Chaplin, Paulette Goddard, Henry Bergman, Chester Conklin, Hank Mann, Louis Natheaux, Allan Garcia. [S.l]: Charles Chaplin Productions, 1936. 1 DVD (89min).

XIMENES, Fernando Lira. O ator risível: procedimentos para cenas cômicas. Ceará: Ed. Expressão Gráfica, 2010.

Downloads

Publicado

2016-12-29

Como Citar

SOUZA, H. B. de. O Ator na Cena Cômica: Aproximações Entre a Teoria Bergsoniana do Riso e a Prática Cênica. Arte da Cena (Art on Stage), Goiânia, v. 2, n. 3, p. 015–032, 2016. DOI: 10.5216/ac.v2i3.43409. Disponível em: https://revistas.ufg.br/artce/article/view/43409. Acesso em: 23 jun. 2024.