Infância e monstruosidades: cenas da (in)visibilidade cotidiana

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5216/v.v21.72362

Palavras-chave:

Infância; (In)visibilidade; Fascismos Cotidianos.

Resumo

Este texto é um convite para estarmos atentos à presença das crianças no cotidiano, tendo por pano de fundo um contexto de fragilização da democracia, de crescimento de políticas de exceção e da barbárie eminente. Como aparecem as crianças e a infância? Como se produz a sua (in)visibilidade? Sob que discursos? Quando a infância é trazida como signo de futuro? Quando o futuro é condicionado à sua exclusão? Para problematizar esse lugar paradoxal, trazemos 5 cenas cotidianas que circulam nas diferentes formas de mídia, para examinar como a banalização do mal se converte em pedagogias visuais de entretenimento, expressando colonidalidades e estetizando a emergência exponencial do fascismo.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rita Ribes, Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerg), Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil, ritaribes@uol.com.br

Graduada em Filosofia (UFPEL). Doutora em Educação (PUC-Rio). Professora Titular da Faculdade de Educação e do Programa de Pós-graduação em Educação (ProPEd/UERJ). Procientista UERJ/FAPERJ. Cientista do Nosso Estado (FAPERJ). Pesquisadora do CNPq. Coordenadora do Grupo de Pesquisa Infância e Cultura Contemporânea (GPICC).

Perseu Silva, Colégio Pedro II, Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil, perseusilva@gmail.com

Graduado em Pedagogia (UERJ), Mestre em Educação (ProPed/UERJ). Doutorando no Programa de Pós-graduação em Educação (ProPEd/UERJ). Bolsista CAPES-PROEX. Este artigo contou com apoio da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – Brasil (CAPES) – Código de Financiamento 001. Membro do Grupo de Pesquisa Infância e Cultura Contemporânea (GPICC). Professor do Departamento de Anos Iniciais do Ensino Fundamental do Colégio Pedro II.

Referências

ALCÂNTARA, Ana Maria. Companhia das Letras recolhe livro com crianças brincando em navio negreiro. UOL, 2021. Disponível em: https://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2021/09/11/cia-das-letras-recolhe-livro-que-mostra-criancabrincando-em-navio-negreiro.htm Acesso em 15 ago. 2022.

ARENDT, Hannah. Eichmann em Jerusalém: um relato sobre a banalidade do mal. Trad. José Rubens Siqueira. São Paulo: Companhia das Letras, 1999.

BENJAMIN, Walter. Crítica da violência – Crítica do poder. Trad. Willi Bolle. In: BENJAMIN, Walter. Documentos de cultura, documentos de barbárie: escritos escolhidos. São Paulo: Edusp; Cultrix, 1986. p. 160-175.

BENJAMIN, Walter. Obras escolhidas: v. I. Arte e política, magia e técnica. São Paulo: Brasiliense, 1987.

BENJAMIN, Walter. Passagens. Belo Horizonte: Editora da UFMG, São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2006.

BENJAMIN, Walter. Para uma crítica da violência. In: BENJAMIN, W. Escritos sobre mito e linguagem. Trad. Ernani Chaves. Organização de Jeanne Marie Gagnebin. São Paulo: Editora 34; Duas Cidades, 2011. p. 121-156.

BACON, Victória. Bebê Alice, que encanta o Brasil, é a nova identidade comercial do Itaú. Diálogo com Victória Bacon, Porto Velho-RO, 2022. Disponível em: https://jornalistavictoriabacon.com.br/Publicacao.aspx?id=239681. Acesso em 15 ago. 2022.

BARBOSA, Diego. Após crítica de racismos, editora tira de circulação livro infantil ‘Abecê da liberdade’; entenda. Diário do Nordeste, 2021. Disponível em: https://diariodonordeste.verdesmares.com.br/verso/apos-criticas-de-racismo-editora-tirade-circulacao-livro-infantil-abece-da-liberdade-entenda-1.3137356. Acesso em 18 ago. 2022.

BORGES, Flávia. Desfile de crianças que aguardam adoção é alvo de críticas em MT; evento dá chance a jovens tidos como ‘invisíveis’, diz organização. G1, 2019. Disponível em: https://g1.globo.com/mt/mato-grosso/noticia/2019/05/22/desfile-de-criancasque-aguardam-adocao-e-alvo-de-criticas-em-mt-evento-da-chance-a-jovens-tidoscomo-invisiveis-diz-organizacao.ghtml. Acesso em 18 ago. 2022.

BRECHT, Bertold. O Fascismo é a Verdadeira Face do Capitalismo. Arquivo Marxista na Internet, 2019. Trad. Richard Winston. Transcrição de Fernando Araújo. Disponível em: https://www.marxists.org/portugues/brecht/1935/mes/fascismo.htm. Acesso em

fev. 2021.

CÉSAIRE, Aimé. Discurso sobre o colonialismo. São Paulo: Veneta, 2020.

COHEN, Jeffrey Jerome. A cultura dos monstros: sete teses. In: SILVA, Thomaz Tadeu (Org.). Pedagogia dos monstros - os prazeres e os perigos da confusão de fronteiras. Belo Horizonte: Autêntica, 2000.

CORDEIRO, Tiago. O que é o movimento “livre de crianças” e o que a lei diz sobre a prática. Gazeta do Povo, 2019. Disponível em: https://www.gazetadopovo.com.br/ vida-e-cidadania/o-que-e-o-movimento-childfree-e-o-que-diz-a-lei-sobre-a-pratica/. Acesso em 12 ago. 2022.

ECO, Umberto. O fascismo eterno. Trad. Eliana Aguiar. Rio de Janeiro: Recod, 2020.

FANON, Frantz. Os condenados da Terra. Lisboa: Editora Ulisséia, 1961.

FLUSSER, Vilém. Ensaio sobre a fotografia: para uma filosofia da técnica. Lisboa: Relógio D’água, 1989.

IDOETA, Paula Adamo. ‘Childfree’: as pessoas que pedem (ou até compram) distância de crianças. BBC News, 2019. Disponível em: https://www.bbc.com/portuguese/ salasocial-50533908. Acesso em 12 ago. 2022.

KAFKA, Franz. A metamorfose. Trad. Modesto Carone. São Paulo: Companhia das Letras, 1997.

KOSIK, Karel. O século de Grete Samsa: sobre possibilidade ou a impossibilidade do trágico em nosso tempo. Trad. Leandro Konder. Matraga, Rio de Janeiro-RJ, v. 3, n. 8, 1996.

LEMOS, Vinícius. “Adoção na Passarela”: o desfile de adolescentes que gerou revolta nas redes. BBC News, 2019. Disponível em: https://www.bbc.com/portuguese/ geral-48374660. Acesso em 09 ago. 2022.

LIMA, Gabriel. Mãe da bebê Alice, de 2 anos, reclama do uso indevido de imagem. Metrópoles, 2022. Disponível em: https://www.metropoles.com/celebridades/maeda-bebe-alice-de-2-anos-reclama-do-uso-indevido-de-imagem. Acesso em 15 jul. 2022.

MBEMBE, Achille. Políticas da inimizade. São Paulo: N-1 edições, 2020.

NASCIMENTO, Beatriz. Por uma história do homem negro. In: RATTS, Alex. Eu sou atlântica: sobre a trajetória de vida de Beatriz Nascimento. São Paulo: Instituto

Kuanza; Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2006, p. 93-97. Disponível em: https://www.imprensaoficial.com.br/downloads/pdf/projetossociais/eusouatlantica. pdf. Acesso em 10 jul. 2022.

PASOLINI, P. P. As últimas palavras do herege. Entrevistas com Jean Duflot. São Paulo: Brasiliense, 1983.

PASOLINI, P. P. Os jovens infelizes. Antologia dos ensaios corsários. São Paulo: Brasiliense, 1990.

PASOLINI, P. P. Empirismo Herético. Córdoba: Editorial Brujas, 2005.

PILATTI, Alexandre. Figurações e debate do fascismo na literatura de Pier-Paolo Pasolini. In: Colóquio Internacional Marx e o Marxismo 2015: Insurreições, passado e presente, 2015, Niterói-RJ. Anais do Colóquio Internacional Marx e o Marxismo 2015: Insurreições, passado e presente. Niterói-RJ: Editora da Universidade Federal Fluminense, 2015, p. 01-22.

POCILGA. (Porcile) Direção: Pier Paolo Pasolini. Cinematografia: Tonino Delli Colli e Armando Nannuzzi. Itália: Cult Classic, 1969. DVD, 93 min. PUCHEU, Alberto. Poemas para serem lidos nas posses de presidentes. Rio de Janeiro: Azougue, 2019.

QUIJANO, Aníbal. Colonialidade do poder, eurocentrismo e América Latina. In: A colonialidade do saber: eurocentrismo e ciências sociais. Perspectivas latinoamericanas. Buenos Aires: CLACSO, 2005.

OS novos monstros. Direção: Dino Risi, Ettore Scola, Mario Monicelli. Itália: Paragon, 1977. DVD, 115 min.

SALÒ ou os 120 Dias de Sodoma. Direção: Pier Paolo Pasolini. Produção de Alberto Grimaldi e de Alberto De Stefanis. Itália/França: PEA s.a.s.,1975. DVD, 114 min.

SILVA, Perseu. Fisionomias das infâncias contemporâneas na cibercultura: crianças em vídeos virais. 2019. 177f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Faculdade de Educação. Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2019.

TORERO, José Roberto; PIMENTA, Marcus Aurelius. Abecê da liberdade: a história de Luiz Gama, o menino que quebrou correntes com palavras. Ilustrações de Edu Oliveira. São Paulo: Companhia das Letrinhas, 2015.

WENDERS, Wim. Paisagem urbana. Revista do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, Brasília-DF, v. 23, 1994, p.180-189.

Downloads

Publicado

2023-10-19

Como Citar

RIBES, R.; PEREIRA DA SILVA, P. Infância e monstruosidades: cenas da (in)visibilidade cotidiana. Visualidades, Goiânia, v. 21, 2023. DOI: 10.5216/v.v21.72362. Disponível em: https://revistas.ufg.br/VISUAL/article/view/72362. Acesso em: 25 maio. 2024.

Edição

Seção

Dossiê Infâncias Contemporâneas, Arte e Pedagogias Culturais