A/r/tógrafo Viajante: um Conceito em Construção

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5216/v.v20.71383

Palavras-chave:

A/r/tografia, Viagem, Pesquisa Educacional Baseada em Artes

Resumo

Este estudo objetivou conceber significados de “a/r/tógrafo viajante” com base na literatura e nas experiências vivenciadas em expedições fotográficas preliminares de minha tese doutoral. Seguiu uma perspectiva qualitativa, de cunho exploratório e descritivo, tendo traços do método (auto)biográfico. Apresenta contribuições teóricas ainda incipientes no campo da a/r/tografia como metodologia, ao expandir sua abrangência de aplicação em distintos campos do conhecimento e elucidar sobre as possibilidades vivas de interpretações transdisciplinares.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Bruno de Oliveira da Silva, Universidade do Vale do Itajaí - UNIVALI, Itajaí, Santa Catarina, Brasil, portalbruno.oliveira@gmail.com

Fotógrafo e pesquisador, possui Licenciatura em História pela Escola de Educação do Centro Universitário Internacional de Curitiba - UNINTER. Bacharelado em Turismo pela Escola de Artes, Comunicação e Hospitalidade - EACH da Universidade do Vale do Itajaí - UNIVALI, sendo contemplado por esta instituição com o prêmio Mérito Estudantil devido à vivência de valores e atitudes éticas no contexto acadêmico. Especialização em Artes (Lato Sensu) terminalidade em Ensino e Percursos Poéticos pela Universidade Federal de Pelotas - UFPel (cursando). Mestrado e Doutorado (cursando) em Turismo pela Universidade do Vale do Itajaí - UNIVALI com ambos os projetos de pesquisa financiados pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES. É membro da International Society for Education Through Art - InSEA vinculada à United Nations Educational, Scientific and Cultural Organization - UNESCO, da International Association for Visual Culture - IAVC e da Associação Nacional de História - ANPUH. Pauta-se nas conexões transdisciplinares de sua formação para desenvolver pesquisas no campo dos estudos visuais, tendo como principais objetos: produções fotográficas, audiovisuais e patrimoniais, desvendando as significações entre a História, Arte e Turismo na sociedade e suas implicações culturais sob a ótica de teorias como a semiótica, iconografia, iconologia e análise fílmica. Realizou cursos nacionais e internacionais, obtendo certificações de importantes instituições de arte e ensino no mundo como o Museum of Modern Art - MoMA e Royal Holloway, University of London. Recebeu premiações por trabalhos literários e fotográficos, sendo intitulado pela Equipe de Sustentabilidade dos Jogos Olímpicos Rio 2016 como um multiplicador de comportamentos sustentáveis pelo mundo. Acesse as redes sociais oriundas da tese doutoral: @visualidades.br 

Yára Christina Cesário Pereira , Universidade do Vale do Itajaí - UNIVALI, Itajaí, Santa Catarina, Brasil, yara@univali.br

Pós-doutora em Educação Ambiental pelo Programa de Pós-Graduação em Educação Ambiental da Universidade Federal do Rio Grande (PPGEA-FURG) 2013. Doutora em Educação pela Universidade Federal de Santa Catarina - Ensino de Ciências Naturais (2004); mestre em Educação - Educação e Ciência pela Universidade Federal de Santa Catarina (1996). Especialização em Supervisão Educacional pela PUC MG (1991). Formação Inicial em Ciências Biológicas pela FURB (1977) e Pedagogia - Supervisão Escolar pela UNIVALI (1989). Membro do Grupo de Pesquisa Educação, Estudos Ambientais e Sociedade - GEEAS, vinculado ao PPGE da Univali e PLAGET- Planejamento do Destino Turístico da UNIVALI. Atuou no Programa de Iniciação à Docência - PIBID (2014 _2017) e no PROESDE LICENCIATURA CURSO DE Extensão; Organização Curricular da Educação Básica Catarinense (2015- 2017). Professora titular da Universidade do Vale do Itajaí na Escola do Mar, Ciência e Tecnologia; Escola de Artes, Comunicação e Hospitalidade e Escola de Educação. Na área da Educação atua principalmente em temáticas relacionadas a Educação Ambiental; Prática docente; formação inicial e continuada de professores que atuam na Educação Básica; formação inicial e continuada de educadores ambientais na escola e na universidade; Metodologias de ensino, Produção e avaliação de atividades e materiais didáticos. Na área da formação geral em educação tem como foco: processos de ensino e aprendizagem, planejamento educacional, propostas curriculares para a Educação Básica (Anos Iniciais, Anos Finais do Ensino Fundamental; Ensino Médio. EJA); estratégias de ensino; currículo, avaliação escolar. Assessoria e consultoria na elaboração de Propostas Curriculares e Projetos Políticos Pedagógicos em diversas redes de ensino.

Luciano Torres Tricárico, Universidade do Vale do Itajaí - UNIVALI, Itajaí, Santa Catarina, Brasil, tricarico@univali.br

Possui graduação em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de São Paulo (FAU USP 1999), parte da graduação em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP 1994), mestrado em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de São Paulo (USP 2004) e doutorado em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de São Paulo (USP 2008). Coordenador do Programa de Pós-graduação em Turismo e Hotelaria da Universidade do Vale do Itajaí, SC, Brasil. Bolsista Produtividade CNPq - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (a partir de 2020). Comendador por mérito social acadêmico concedido pela Associação Brasileira de Liderança (2015). Título de Embaixador da Qualidade pela Associação Brasileira de Liderança (2017). Título de Chanceler Master pela Associação Brasileira de Liderança (2019). Diretor Institucional da ANPTUR (Associação Nacional de Pós-graduação e Pesquisa em Turismo) (2020-2022). Atualmente é professor e pesquisador da Universidade do Vale do Itajaí (curso de graduação de Arquitetura e Urbanismo, Engenharia Civil, Turismo e Hotelaria; Tecnólogo em Design de Interiores; Especialização em Design de Interiores; Programa de Pós-graduação em Turismo e Hotelaria; Programa de Pós-graduação em Ciência e Tecnologia Ambiental e disciplina do Núcleo de Disciplinas Internacionalizadas - Arquitetura Brasileira). Foi coordenador do LaPa - Laboratório de Paisagismo Aplicado da Universidade do Vale do Itajaí. Líder do Grupo de Pesquisa Turismo, Hospitalidade e Gastronomia, vinculado ao CNPq. Foi editor da Revista Turismo: Visão e Ação. Avaliador ad hoc de vários periódicos científicos nacionais e internacionais na área em que atua. Tem experiência na área de Arquitetura e Urbanismo, Turismo, Hospitalidade e Hotelaria, com ênfase em Planejamento e Projeto do Espaço Urbano, Planejamento Ambiental, Paisagem e Paisagismo, atuando principalmente nos seguintes temas: urbanização, urbanização em São Paulo, urbanização turística, hospitalidade urbana, semiótica e espaço, cultura e patrimônio.

Referências

ABRAHÃO, Maria Helena Menna Barreto. Pesquisa (Auto)biográfica: Tempo, Memória e Narrativas. In: ABRAHÃO, Maria Helena Menna Barreto (org.). A Aventura (Auto)biográfica: Teoria & Empiria. Porto Alegre: ediPUCRS, 2004. p. 201-224.

AGAMBEN, Giorgio. Profanações. Tradução de: Selvino J. Assmann. São Paulo: Boitempo, 2007. 96 p.

AGUIAR, Adriana. Desmembramentos: Abordagens de Pesquisas A/r/tográficas. In: DIAS, Belidson; IRWIN, Rita L. (org.). Pesquisa Educacional Baseada em Arte: A/r/tografia. Santa Maria: Editora UFSM, 2013. Cap. 11. p. 169-182.

ARENDT, Hannah. Origens do Totalitarismo. Tradução de: Roberto Raposo. São Paulo: Companhia das Letras, 2013. 832 p.

ARISTÓTELES. Sobre a Arte Poética. Tradução de: Antônio Mattoso e Antônio Queirós Campos. (Edição Bilíngue - Grego-Português). Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2018. 162 p.

BARONE, Tom; EISNER, Elliot W. Arts-based educational research. In: GREEN,

J.; GRECO, C.; BELMORE, P. (org). Handbook of Complementary Methods in Educational Research. Mahwah, NJ: AERA, 2006. p. 95-109.

BARONE, Tom; EISNER, Elliot W. Arts Based Research. Thousand Oaks: SAGE Publications, 2011. 208 p.

BARRETO, Raquel de Oliveira; CARRIERI, Alexandre de Pádua; ROMAGNOLI, Roberta Carvalho. O Rizoma Deleuze-Guattariano nas Pesquisas em Estudos Organizacionais. Cadernos Ebape.Br, [s. l.], v. 18, n. 1, p. 47-60, jan. 2020. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/1679-395174655. Acesso em: 25 dez. 2021.

BESSE, Maria Graciete. Viagem a Portugal de José Saramago une Poétique du Regard. In: Secção de Estudos Franceses do Departamento de Estudos Portugueses e de Estudos Românicos (org.). Estudos em homenagem ao Professor Doutor António Ferreira de Brito. Porto: Faculdade de Letras da Universidade do Porto, 2004. p. 47-56. Disponível em: https://ler.letras.up.pt/uploads/ficheiros/4372.pdf. Acesso em: 17 dez. 2021.

BICKEL, Barbara. et al. A/r/tographic Collaboration as Radical Relatedness. International Journal of Qualitative Methods, [s. l.], v. 10, n. 01, p. 86-102, 2011. Disponível em: https://doi.org/10.1177/160940691101000107. Acesso em: 25 dez. 2021.

BROWN, Karen. From Travel to Tourism: the Social and Cultural Impact of Photography as a New Medium of Communication in 19th-Century America. Explorations In Media Ecology, [s. l.], v. 10, n. 1, p. 107-122, 2 fev. 2012. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1386/eme.10.1-2.107_1. Acesso em: 25 dez. 2021.

BURKE, Peter. Testemunha Ocular: o Uso de Imagens como Evidência Histórica. São Paulo: Editora Unesp, 2017. 318 p.

CARVALHO, Carla; IMMIANOVSKY, Charles. PEBA: a Arte e a Pesquisa em Educação. Reflexão e Ação, [s. l.], v. 25, n. 3, p. 221-236, 9 set. 2017.

DELEUZE, Gilles; GUATTARI, Félix. Mil Platôs - vol. 1: Capitalismo e Esquizofrenia. Tradução de: Ana Lúcia de Oliveira, Aurélio Guerra Neto e Celia Pinto Costa. 2. ed. São Paulo: Editora 34, 2011. 128 p.

DIAS, Belidson. A/r/tografia como Metodologia e Pedagogia em Artes: uma Introdução. In: DIAS, Belidson; IRWIN, Rita L. (org.). Pesquisa Educacional Baseada em Arte: A/r/tografia. Santa Maria: Editora UFSM, 2013. Cap. 1. p. 21-26.

DIAS, Belidson. Investigação Baseada em Arte em Tempos de Mudanças na Arte Educação. In: ENCONTRO INTERNACIONAL DE ARTE E TECNOLOGIA 15, 2016, Brasília. Anais [...]. Brasília: UnB, 2016. p. 137-148.

DUMAS, Alexandre. Memórias de Garibaldi. Tradução de: Antonio CaruccioCaporale. Porto Alegre: L&PM, 2011. 328 p.

EISNER, Elliot W. The Primacy of Experience and the Politics of Method. Educational Researcher, [s. l.], v. 17, n. 05, p. 15-20, 1988. Disponível em: https://doi.org/10.3102/0013189X017005015. Acesso em: 25 dez. 2021.

FOUCAULT, Michel. As Palavras e as Coisas: uma Arqueologia das Ciências Humanas. Tradução de: Salma Tannus Muchail. 8. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2000. 534 p.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia: Saberes Necessários à Prática Educativa. 71. ed. Rio de Janeiro: Paz & Terra, 2021b. 144 p.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do Oprimido. 78. ed. Rio de Janeiro: Paz & Terra, 2021a. 256 p.

GEERTZ, Clifford. The Interpretation of Cultures. 3. ed. Basic Books, [S. l], 2017. eBook Kindle. 576 p.

GLEISER, Marcelo. A Dança do Universo. São Paulo: Companhia das Letras, 2006. 416 p.

GODOY, Karla Estelita; LEITE, Iasmim da Silva. Turismo e Fotografia: um Estudo Bibliométrico Sobre o Uso de Metodologias de Análise da Imagem nas Pesquisas em Turismo. Revista Brasileira de Pesquisa em Turismo - Rbtur, São Paulo, v. 13, n. 3, p. 71-91, 2019. Disponível em: https://doi.org/10.7784/rbtur.v13i3.1573. Acesso em: 25 dez. 2021.

HALL, Sean. Isto Significa Isso, Isso Significa Aquilo: Guia de Semiótica para Iniciantes. Tradução de: Andréa Mariz. São Paulo: Rosari, 2008. 176 p.

Downloads

Publicado

2023-01-16

Como Citar

DE OLIVEIRA DA SILVA, B.; CESÁRIO PEREIRA , Y. C.; TORRES TRICÁRICO, L. A/r/tógrafo Viajante: um Conceito em Construção. Visualidades, Goiânia, v. 20, 2023. DOI: 10.5216/v.v20.71383. Disponível em: https://revistas.ufg.br/VISUAL/article/view/71383. Acesso em: 15 jul. 2024.

Edição

Seção

Dossiê Estéticas das viagens