Experiências a/r/tográficas: gênero e sexualidades

Autores

  • Luciana Borre Nunes Universidade Federal de Pernambuco

DOI:

https://doi.org/10.5216/vis.v14i2.40177

Resumo

Texto poético e narrativo. Conta histórias pessoais que provocaram processos - intencionais e pretensiosos - de aprender e ensinar no campo das artes visuais. Escrita por um grupo produtor de imagens que através de leituras, diálogos e experimentações/imersões poéticas buscou caminhos para pensar a produção de gênero, sexualidades e cultura visual. Um viés a/r/tográfico inundou nossas práticas pedagógicas tramando esta escrita coletiva que confunde a autoria e denuncia memórias. Procura nos relatos de situações cotidianas a potência de uma formação docente em Artes Visuais baseada nos atos de aprender, pesquisar, artistar e ensinar.

Palavras-chave: Cultura visual, a/r/tografia, gênero e sexualidades

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luciana Borre Nunes, Universidade Federal de Pernambuco

Professora no Curso de Artes Visuais da Universidade Federal de Pernambuco. É doutora pelo Programa de Pós-Graduação em Arte e Cultura Visual da Faculdade de Artes Visuais da Universidade Federal de Goiás (FAV/UFG). Integrante do Grupo de Pesquisa Cultura Visual e Educação (GPCVE). Mestre em Educação pela PUCRS (2008); especialista em Gestão e Planejamento Escolar pela PUCRS (2006) e graduada em Pedagogia pela UFRGS (2004).

Referências

AGUIRRE, Imanol. Cultura visual, política da estética e educação emancipadora. In: MARTINS, Raimundo; TOURINHO, Irene (Orgs). Educação da cultura visual: conceitos e contextos. Santa Maria: Editora UFSM, 2011, p. 69-111.

CONELLY,M.; CLADININ, J. Narrative inquiry. San Francisco: Jossey-Bass, 2000.

DIAS, Belidson. A/r/tografia como metodologia e pedagogia em artes: uma introdução. In: DIAS, Belidson; IRWIN, Rita (Orgs.). Pesquisa educacional baseada em arte: a/r/tografia. Santa Maria: Editora UFSM, 2013, p. 21-28.

EÇA, Teresa Torres. Perguntas no ar sobre metodologias de pesquisa em arte-educação. In: DIAS, Belidson; IRWIN, Rita (Orgs.). Pesquisa educacional baseada em arte: a/r/tografia. Santa Maria: Editora UFSM, 2013, p. 71-82.

FOUCAULT, Michael. Vigiar e Punir: nascimento da prisão. Petrópolis: Vozes, 1987.

IRWIN, Rita. A/r/tografia. In: DIAS, Belidson; IRWIN, Rita (Orgs.). Pesquisa educacional baseada em arte: a/r/tografia. Santa Maria: Editora UFSM, 2013, p. 27-35.

LOURO, Guacira Lopes. Gênero Sexualidade e Educação: uma perspectiva pós-estruturalista. Rio de Janeiro: Petrópolis, 2007.

LOURO, Guacira Lopes. Educação e docência: diversidade, gênero e sexualidade. Revista Brasileira de Pesquisa sobre Formação Docente, v. 4, 2011, p. 1-6.

MARTINS, Raimundo. Metodologias visuais: com imagens e sobre imagens. In: DIAS, Belidson; IRWIN, Rita (Orgs.). Pesquisa educacional baseada em arte: a/r/tografia. Santa Maria: Editora UFSM, 2013, p. 83-95.

MARTINS, Raimundo; TOURINHO, Irene. Encontros com sensibilidades em saudáveis desequilíbrios da razão: atos e processos de aprender, pesquisar e ensinar. In: MARTINS, Raimundo; TOURINHO, Irene (Orgs.). Educação da Cultura Visual: Aprender... Pesquisar... Ensinar... Santa Maria: Editora UFSM, 2015, p. 133-146.

MORIN, Edgar. Educação e complexidade: os sete saberes e outros ensaios. São Paulo: Cortez: 2007.

PARDIÑAS, Maria Jesus Agra. Topografía crítica: el hacer docente y sus lugares. In: EÇA, Teresa Torres Pereira; PARDIÑAS, Maria Jesus Agra; MARTÍNEZ, Cristina Trigo; PIMENTEL, Lúcia Gouvêa (Orgs.). Desafios da educação artística em contextos ibero-americanos. EDIÇÃO: APECV (Associação de Professores de Expressão e Comunicação Visual), Porto: Portugal, 2010, p. 18-35.

TOURINHO, Irene. Metodologia(s) de pesquisa em arte-educação: o que está (como vejo) em jogo? In: DIAS, Belidson; IRWIN, Rita (Orgs.). Pesquisa educacional baseada em arte: a/r/tografia. Santa Maria: Editora UFSM, 2013, p. 63-70.

Downloads

Publicado

2017-02-02

Como Citar

NUNES, L. B. Experiências a/r/tográficas: gênero e sexualidades. Visualidades, Goiânia, v. 14, n. 2, 2017. DOI: 10.5216/vis.v14i2.40177. Disponível em: https://revistas.ufg.br/VISUAL/article/view/40177. Acesso em: 6 out. 2022.

Edição

Seção

Artigos