NARRATIVAS ORAIS E ESCRITAS: RELATOS DE UMA EXPERIÊNCIA INTERCULTURAL. DOI: 10.5216/racs.v1i1.42998

Léia de Jesus Silva

Resumo


Este texto é o resultado das experiências vivenciadas no curso
Narrativas orais e escritas, tema contextual trabalhado no primeiro
semestre de 2015 com estudantes indígenas de oito etnias, do Curso
de Educação Intercultural, da Universidade Federal de Goiás. O curso
teve como base a interculturalidade, tanto no que se refere à troca de
conhecimentos entre os diferentes grupos indígenas representados,
quanto entre estes e aspectos das culturas de outros povos sobre
os quais lemos, além de aspectos da cultura não-indígena. Um dos
objetivos do curso foi chamar a atenção dos estudantes para a função
social da narrativa dentro de uma comunidade indígena e para a
complexidade que envolve esse gênero discursivo tão familiar a todos
eles. As narrativas, orais e escritas, foram apontadas pelos estudantes
como sendo um meio fundamental de transmissão, valorização e
atualização da cultura e da língua de um povo.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5216/racs.v1i1.42998

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Publicado por: Núcleo Takinahakỹ de Fomação Superior Indígena – Universidade Federal de Goiás

Endereço: Núcleo Takinahakỹ de Formação Superior Indígena – Faculdade de Letras Universidade Federal de Goiás

Caixa Postal 131 – Campus II – 74001-970

Goiânia – GO (62) 3521-1866