O POEMA EM LIBRAS BANDEIRA BRASILEIRA DE NELSON PIMENTA A PARTIR DE UM PONTO DE VISTA FORMAL

Autores

  • Márcia Maria de Melo Araújo Professora da Universidade Estadual de Goiás, onde atua na graduação e no Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Educação, Linguagem e Tecnologias (PPG-IELT)

DOI:

https://doi.org/10.5216/rs.v1i2.44684

Resumo

Este é um estudo sobre a construção formal de alguns versos sinalizados do poema Bandeira brasileira de Nelson Pimenta, destacado ator e poeta surdo brasileiro. Utilizando-se das noções da estrutura fonológica, gesto e dos efeitos da modalidade sobre a linguagem espacial, o estudo pretende verificar a construção do poema em Libras, a partir de um ponto de vista formal. O poema referido destaca-se por uma contextualização crítica da forma e de temas consagrados pela tradição surda brasileira. Peter MacNeilage (2008), Janzen e Shaffer (2002), Quadros e Sutton-Spencer (2006), Karen Emmorey (2002), entre outros autores, contribuíram para o referencial teórico deste ensaio.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2016-12-18

Como Citar

ARAÚJO, M. M. de M. O POEMA EM LIBRAS BANDEIRA BRASILEIRA DE NELSON PIMENTA A PARTIR DE UM PONTO DE VISTA FORMAL. Revista Sinalizar, Goiânia, v. 1, n. 2, p. 179–189, 2016. DOI: 10.5216/rs.v1i2.44684. Disponível em: https://revistas.ufg.br/revsinal/article/view/44684. Acesso em: 4 mar. 2024.

Edição

Seção

Artigos