PREVENÇÃO À PRESENÇA DE UMIDADE NA ALVENARIA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5216/reec.v18i2.66799

Palavras-chave:

Patologias, Umidade, Infiltrações, Estanqueidade, Impermeabilização

Resumo

RESUMO: As normas brasileiras dispensam a elaboração de projeto e responsabilidade técnica de impermeabilização (estanqueidade) para imóveis residenciais unifamiliares e, nesse caso, resulta que a prevenção à umidade nessas habitações é feita de forma pontual sem integração. Este estudo aborda a umidade do solo que possa, direta ou indiretamente, atingir a alvenaria e elevar a umidade do ambiente interno, com consequências negativas para o concreto, alvenaria, móveis e à saúde dos ocupantes causando doenças tais como asma e rinites por fungos e vírus aeroalérgenos que encontram em ambientes úmidos as condições propícias para sua reprodução e disseminação. Neste trabalho foram identificados os pontos críticos na interface concreto-solo e concreto-rede hidrossanitária; e abordados, também, os custos e as vantagens do investimento na prevenção e as desvantagens de intervenções em manifestações patológicas no pós-obra. São propostas medidas que aumentam a estanqueidade da fundação com uso de impermeabilizante químico, manta asfáltica e complementos com ventilação e proteção mecânica nas ligações da rede hidrossanitária ao concreto da fundação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Antonio Carlos Salvador, Centro Universitário Salesiano de São Paulo (UNISAL), Amercana e Campinas, São Paulo, Brasil

Centro Universitário Salesiano de São Paulo (UNISAL), Amercana e Campinas, São Paulo, Brasil

Alaor Leandro Rosa, Centro Universitário Salesiano de São Paulo (UNISAL), Americana, São Paulo, Brasil

Centro Universitário Salesiano de São Paulo (UNISAL), Americana, São Paulo, Brasil

Diogo Ferreira Fontes, Centro Universitário Salesiano de São Paulo (UNISAL), Americana, São Paulo, Brasil

Centro Universitário Salesiano de São Paulo (UNISAL), Americana, São Paulo, Brasil

Gabriel de Oliveira Maneu, Centro Universitário Salesiano de São Paulo (UNISAL), Americana, São Paulo, Brasil

Centro Universitário Salesiano de São Paulo (UNISAL), Americana, São Paulo, Brasil

Referências

AGÊNCIA NACIONAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA – ANVISA. Resolução da Diretoria Colegiada, RE n° 9, de 16 janeiro 2003. Disponível em: <http://portal.anvisa.gov.br/documents/10181/2718376/RE_09_2003_.pdf/8ccafc91-1437-4695-8e3a-2a97deca4e10>. Acesso em: 04 mar. 2021.

AKIRA, M. Como evitar as trincas entre muro e a casa. 2020. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=EgtA52lozvM>. Acesso em: 04 mar. 2021.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS - ABNT. NBR 8681: Ações e segurança nas estruturas – Procedimento. Rio de Janeiro 2003.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS - ABNT. NBR 14931: Execução de estruturas de concreto – Procedimento. Rio de Janeiro. 2004.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 15575-1: Edificações habitacionais — Desempenho Parte 1: Requisitos gerais. Rio de Janeiro. 2013.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 15575-3: Edificações habitacionais — Desempenho Parte 3: Requisitos para os sistemas de pisos. Rio de Janeiro. 2013.

BEATO SOBRINHO, M. M. Estudo da ocorrência de fungos e da permeabilidade em revestimentos de argamassa em habitações de interesse social – Estudo de caso na cidade de Pitangueiras - SP. Dissertação (Mestrado em Construção Civil). Programa de Pós-Graduação em Construção Civil. Universidade Federal de São Carlos. 2008. Disponível em: <https://repositorio.ufscar.br/bitstream/handle/ufscar/4633/2216.pdf?sequence=1&isAllowed=y>. Acesso em: 04 mar. 2021.

BERTOLINI, L. Materiais de construção patologia, reabilitação e prevenção. São Paulo: Editora Oficina de Textos, 2010. Acesso em: 03 jul. 2020.

BRASIL. Lei 8.078, de 11 de setembro de 1990. Dispõe sobre a proteção do consumidor e dá outras providências. Código de Defesa do Consumidor – CDC. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/ l8078compilado.htm>. Acesso em: 03 jul. 2020.

CASA MIMOSA. Anti-infiltração 100 mm Tigre. 2020. Disponível em: <https://www.casamimosa.com.br/antinfiltracao-100-mm-tigre>. Acesso em: 03 jul. 2020.

FAZINGA, W. Executar estrutura depois da alvenaria tem algo ruim? 2018. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=oDaGPF3XQWQ&t=20s>. Acesso em: 07 set. 2021.

FREITAS, V. P.; TORRES, M. I. M.; GUIMARÃES, A. S. Humidade Ascencional. Porto: Edições da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto – FEUP, 2008.

GOULART, C. P. Umidade ascendente em paredes de alvenaria de vedação: pesquisa e identificação da área afetada em pesquisa de campo. Trabalho de Conclusão de Curso (Engenharia Civil). Universidade do Sul de Santa Catarina. Tubarão-SC: UNISUL, 2018. Disponível em: <https://riuni.unisul.br/bitstream/handle/12345/6022/TCC %20%20Cassiano%20Patr%C3%ADcio%20Goulart%20%20Umidade%20ascendente%20em%20paredes%20de%20veda%C3%A7%C3%A3o..pdf?sequence=1&isAllowed=y>. Acesso em: 09 jul. 2021.

KWIATKOWSKI, R. V.; SEIDLER, N. Estudo comparativo da eficiência de impermeabilizantes em fundações. XV Encontro Nacional de Tecnologia do Ambiente Construído. 2014. Disponível em: <https://docplayer.com.br/25751122-Estudo-comparativo-da-eficiencia-de-impermeabilizantes-em-fundacoes.html>. Acesso em: 09 jul. 2021.

PIECO-SUS. Concretando os pilares antes de levantar as paredes. 2020. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=vF93vmaSRG4>. Acesso em: 09 jul. 2021.

RODRIGUES, J. C. M. Umidade ascendente em paredes internas: avaliação de desempenho de bloqueadores químicos. Trabalho de Conclusão de Curso (Engenharia Civil). Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre: UFRGS. 2014. Disponível em: <https://www.lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/110147/000951989.pdf? sequence=1>. Acesso em: 09 jul. 2022.

SINDUSCON-RIO. Custo unitário básico da construção. Disponível em: <http://www.cub.org.br/cub-m2-estadual/RJ/>. Acesso em: 09 jul. 2022.

SOLÉ, D. Guia prático sobre controle ambiental para pacientes com rinite alérgica. Associação Brasileira de Alergia e Imunologia. São Paulo: ASBAI, 2017. Disponível em: <http://aaai-asbai.org.br/detalhe_artigo.asp?id=757>. Acesso em: 05 nov. 2021.

VERÇOZA, E. J. Patologias das edificações. 1. ed. Sagra. Porto Alegre, 1991.

VIAPOL. Viaboc Ralo. 2020. Disponível em: <http://www.viapol.com.br/produtos/impermeabiliza%C3%A7% C3%A3o/complemento-impermeabiliza%C3%A7%C3%A3o/viaboc

Publicado

2022-12-28

Como Citar

SALVADOR, A. C.; ROSA, A. L.; FERREIRA FONTES, D.; DE OLIVEIRA MANEU, G. PREVENÇÃO À PRESENÇA DE UMIDADE NA ALVENARIA. REEC - Revista Eletrônica de Engenharia Civil, Goiânia, v. 18, n. 2, p. 173–184, 2022. DOI: 10.5216/reec.v18i2.66799. Disponível em: https://revistas.ufg.br/reec/article/view/66799. Acesso em: 20 maio. 2024.