CARACTERÍSTICAS E DIFICULDADES DO NATURALISMO BIOLÓGICO DE JOHN SEARLE

Autores

  • Tárik de Athayde Prata Universidade Federal de Sergipe

DOI:

https://doi.org/10.5216/phi.v14i1.8795

Palavras-chave:

Problema mente-corpo, Searle, redução, causação mental

Resumo

O artigo visa realizar uma exposição geral da solução de John Searle para o problema mente-corpo – o naturalismo biológico – examinando suas teses fundamentais e uma série de implicações destas. O exame dessas teses – que delineiam as características da teoria de Searle – e de suas conseqüências, mostra que a teoria cai em três grandes dificuldades, por defender asserções que, à primeira vista, parecem incompatíveis.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Tárik de Athayde Prata, Universidade Federal de Sergipe

Graduado em Psicologia e Mestre em Filosofia pela Universidade Federal do Ceará. Doutor em Filosofia pela Ruprecht-Karl Universität de Heidelberg (Alemanha). Professor Adjunto da Universidade Federal de Sergipe

Downloads

Publicado

11-08-2010

Como Citar

DE ATHAYDE PRATA, T. CARACTERÍSTICAS E DIFICULDADES DO NATURALISMO BIOLÓGICO DE JOHN SEARLE. Philósophos - Revista de Filosofia, Goiânia, v. 14, n. 1, p. 141–173, 2010. DOI: 10.5216/phi.v14i1.8795. Disponível em: https://revistas.ufg.br/philosophos/article/view/8795. Acesso em: 4 mar. 2024.

Edição

Seção

Artigos Originais