A filosofia da técnica de Vittorio Hösle amplificada pela psicologia do flow de Mihaly Csikszentmihalyi

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5216/phi.v29i1.78434

Palavras-chave:

Csikszentmihalyi; flow; Hösle; psicologia ambiental; filosofia da técnica.

Resumo

Apresentamos uma proposta de debate entre a filosofia da técnica de Vittorio Hösle (1960-) e a psicologia ambiental, mais especificamente a psicologia do flow de Mihaly Csikszentmihalyi (1934-2021). O pensamento de Hösle sobre técnica e ecologia é uma expansão do pensamento de Hans Jonas (1903-1993), porém enfatizando temas como valores e economia. A partir de paralelos entre os raciocínios de Hösle e Csikszentmihalyi, buscamos verificar afinidade entre a psicologia ambiental e teses hösleanas. Em seguida, a partir de estudos atuais sobre psicologia do flow e psicologia ambiental, averiguamos se há ampliação da filosofia da técnica com o conteúdo empírico sobre ecologia e economia, com vistas a um aprofundamento do vínculo entre os dois domínios, tal como proposto pelo próprio Hösle, incentivando o estudo de dois pensadores ainda pouco trabalhados no país.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gabriel Almeida Assumpção, Pontifícia Universidade Católica Minas Virtual (PUC Minas), Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil, gabrielchou@gmail.com

Professor Adjunto 1 na PUC Minas Virtual (Psicologia Positiva). Pesquisador independente. // Doutor (2020) e Mestre (2015) em Filosofia pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), licenciado em Filosofia pelo Centro Universitário Internacional UNINTER (2019) e Bacharel em Psicologia pela UFMG (2010). // Trabalho com Friedrich W. J. Schelling (arquitetura, filosofia da natureza, gênio, mímesis, poesia); Friedrich von Hardenberg [Novalis] (filosofia da história, filosofia da natureza, poesia, sincriticismo), Vittorio Hösle (estética idealista, filosofia da história, filosofia da técnica, idealismo objetivo) e Mihaly Csikszentmihalyi (criatividade; estado de fluxo [flow]; filosofia da técnica, mímesis). // Sou autor da obra "Criação das artes plásticas e produtividade da natureza em Friedrich Schelling" (2022) e um dos organizadores da obra "O romantismo alemão e seu legado" (2023). // Traduzi as seguintes obras filosóficas do alemão para o português: 'O esboço geral: notas para uma enciclopédia romântica' (1798-99), de Novalis; 'Dedução geral do processo dinâmico' (1800), de Friedrich W. J. Schelling; 'Forças centrífugas globais' (2021, terceira edição), e 'Filosofia da crise ecológica' (1991), de Vittorio Hösle. Também traduzi, do inglês para o português, 'Estética: uma breve introdução' (2019), de Bence Nanay (no prelo); 'Deus enquanto razão: ensaios sobre teologia filosófica' (2013), de Vittorio Hösle.

Downloads

Publicado

30-06-2024

Como Citar

ASSUMPÇÃO, G. A. A filosofia da técnica de Vittorio Hösle amplificada pela psicologia do flow de Mihaly Csikszentmihalyi. Philósophos - Revista de Filosofia, Goiânia, v. 29, n. 1, 2024. DOI: 10.5216/phi.v29i1.78434. Disponível em: https://revistas.ufg.br/philosophos/article/view/78434. Acesso em: 13 jul. 2024.