Wittgenstein on Mathematical Progress

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5216/phi.v28i1.75205

Palavras-chave:

Wittgenstein, Filosofia da Matemática, Mutação Semântica, Progresso Matemático.

Resumo

O objetivo deste artigo é tentarmos elucidar a extravagante tese de Wittgenstein de que todo e qualquer avanço matemático envolve alguma “mutação semântica”, ou seja, alguma alteração nos próprios significados dos termos envolvidos. Para isso, argumentaremos a favor da ideia de uma “incompatibilidade modal” entre os conceitos envolvidos, como eram antes do avanço, e o que se tornam após a obtenção do novo resultado. Também argumentaremos que a adoção dessa tese altera profundamente nossa maneira tradicional de construir a ideia de “progresso” em matemática

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

André Porto, UFG

Departamento de Filosofia, UFG.
Filosofia da matemática, Filosofia da Linguagem

Downloads

Publicado

28-06-2023

Como Citar

PORTO, A. Wittgenstein on Mathematical Progress. Philósophos - Revista de Filosofia, Goiânia, v. 28, n. 1, 2023. DOI: 10.5216/phi.v28i1.75205. Disponível em: https://revistas.ufg.br/philosophos/article/view/75205. Acesso em: 15 jul. 2024.