A matematização da física e demais ciências da natureza

Autores

  • Maria Aparecida Viggiani Bicudo Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP), Rio Claro, São Paulo, Brasil, mariabicudo@gmail.com

DOI:

https://doi.org/10.5216/phi.v26i2.67490

Resumo

Neste artigo, foca-se o específico na obra de Euclides e mostra-se como essa característica imprime um método de trabalho que se torna invariante na lógica da ciência do mundo ocidental mediante a intermediação de Galileu. Para tanto, são apresentadas: as características do pensar pré-categorial e a mudança de visão das figuras empíricas quase exatas para as figuras-limite idealizadas; a matematização da natureza; a perda de sentido do mundo implícita à lógica do formular; a aritmitização da Geometria e a respectiva perda de sentido.  

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2022-04-25

Como Citar

VIGGIANI BICUDO, M. A. A matematização da física e demais ciências da natureza. Philósophos - Revista de Filosofia, Goiânia, v. 26, n. 2, 2022. DOI: 10.5216/phi.v26i2.67490. Disponível em: https://revistas.ufg.br/philosophos/article/view/67490. Acesso em: 28 set. 2022.

Edição

Seção

Dossiê de Artigos Originais