Interdependência e socialidade humana em Rousseau

Autores

  • Claudio Reis Universidade de Brasília (UnB), Brasília, Distrito Federal, Brasil, claudioaraujoreis@gmail.com

DOI:

https://doi.org/10.5216/phi.v26i1.66769

Resumo

Rousseau diz, no início do Contrato social, que pretende tomar “os homens tais como são” e “as leis tais como podem ser”. Tomando os indivíduos como interdependentes e ambivalentes (entre cooperação e competição) e as leis (e a política) como uma “tecnologia de cooperação”, este texto procura retraçar o caminho da reflexão rousseauniana desde o reconhecimento do fato da interdependência e suas implicações para a socialidade humana até a defesa de uma concepção radicalmente democrática da autoridade política.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2021-11-19

Como Citar

REIS, C. Interdependência e socialidade humana em Rousseau. Philósophos - Revista de Filosofia, Goiânia, v. 26, n. 1, 2021. DOI: 10.5216/phi.v26i1.66769. Disponível em: https://revistas.ufg.br/philosophos/article/view/66769. Acesso em: 2 jul. 2022.