Retórica, solidariedade e direitos humanos

Autores

  • Narbal de Marsillac Fontes Universidade Federal da Paraíba, Centro de Ciências Humanas Letras e Artes, Departamento de Filosofia, João Pessoa, Paraíba, Brasil, nmfmarsillac@gmail.com https://orcid.org/0000-0001-9663-9228

DOI:

https://doi.org/10.5216/phi.v23i2.52779

Palavras-chave:

Retórica, Argumentação, Globalização, Direitos Humanos, Solidariedade

Resumo

Em tempos plurais hodiernos, reproduz-se um contexto em que coexistem diferentes concepções de verdade, de justiça e de vida digna. Versões de mundo e cosmovisões completamente díspares são paulatinamente legitimadas no grande processo globalizante de inscrição do outro, o que demanda um tipo de racionalidade retórica e argumentativa, única capaz de adaptar-se aos diversos topoi de um mundo cada vez mais multicultural. A proposta é acompanhar esse debate e concluir que a defesa do respeito aos direitos humanos só é possível descomprometendo-se com pressupostos metafísicos excludentes, pseudolaicos, incapazes de gerar respeito mútuo e solidariedade entre todos os interlocutores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Narbal de Marsillac Fontes, Universidade Federal da Paraíba, Centro de Ciências Humanas Letras e Artes, Departamento de Filosofia, João Pessoa, Paraíba, Brasil, nmfmarsillac@gmail.com

Downloads

Publicado

2019-01-07

Como Citar

DE MARSILLAC FONTES, N. Retórica, solidariedade e direitos humanos. Philósophos - Revista de Filosofia, Goiânia, v. 23, n. 2, 2019. DOI: 10.5216/phi.v23i2.52779. Disponível em: https://revistas.ufg.br/philosophos/article/view/52779. Acesso em: 5 jul. 2022.

Edição

Seção

Dossiê de Artigos Originais