Depois da união europeia: reflexão sobre uma experiência inédita de dominação política

Autores

  • Philippe Claude Thierry Lacour Universidade de Brasília (UnB), Instituto de Ciências Humanas, Departamento de Filosofia, Brasília, Distrito Federal, Brasil, philo@philippelacour.net

DOI:

https://doi.org/10.5216/phi.v23i2.51983

Palavras-chave:

União Europeia, Dominação política, Crise, Patriotismo, Nacionalismo

Resumo

A União Europeia está morta, mesmo que ela ainda não o saiba. Vários autores expressaram efetivamente ideias parecidas em relação ao esgotamento desse projeto político original. Crise econômica de 2007, crise migratória, crise política nas instituições, Brexit, crescimento das extremas-direitas... Há inúmeros indícios de um enfraquecimento do edifício. Enquanto alguns agentes pensam “fundar” novamente o projeto, o ceticismo está crescendo do lado dos povos, particularmente, no Sul da Europa. O momento, então, é perfeito para estabelecer um diagnóstico vital sobre essa dinâmica de integração política inédita, entender porque ela não foi bem-sucedida e, mais radicalmente, o que esse fracasso significa para o futuro da Europa como continente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Philippe Claude Thierry Lacour, Universidade de Brasília (UnB), Instituto de Ciências Humanas, Departamento de Filosofia, Brasília, Distrito Federal, Brasil, philo@philippelacour.net

Downloads

Publicado

2019-01-07

Como Citar

CLAUDE THIERRY LACOUR, P. Depois da união europeia: reflexão sobre uma experiência inédita de dominação política. Philósophos - Revista de Filosofia, Goiânia, v. 23, n. 2, 2019. DOI: 10.5216/phi.v23i2.51983. Disponível em: https://revistas.ufg.br/philosophos/article/view/51983. Acesso em: 5 jul. 2022.

Edição

Seção

Dossiê de Artigos Originais