VIRTUDES E VÍCIUS DA DEMOCRACIA

Autores

  • Helena Esser dos Reis UFG/UCG

DOI:

https://doi.org/10.5216/phi.v11i1.3710

Palavras-chave:

democracia, condições sociais, ação política, vícios, virtudes.

Resumo

A democracia pode ser compreendida, segundo Aléxis de Tocqueville, a partir de duas idéias complementares: a condição social de igualdade e a condição política de liberdade. Entretanto, observa, a democracia não é a priori o que deveria ser, denunciando, deste modo, a existência de um descompasso entre a igualdade e a liberdade que cresce na mesma medida em que esmorecem as virtudes públicas. Visando contribuir com a discussão acerca das relações entre ética e política, pretendo examinar virtudes e vícios inerentes ao Estado democrático, a partir da análise das idéias de Tocqueville. Meu interesse será, em primeiro lugar, compreender
as causas dos vícios e a possibilidade das virtudes nas democracias, para, então, discutir a relação entre a ética e a política.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

05-04-2008

Como Citar

DOS REIS, H. E. VIRTUDES E VÍCIUS DA DEMOCRACIA. Philósophos - Revista de Filosofia, Goiânia, v. 11, n. 1, p. 115–128, 2008. DOI: 10.5216/phi.v11i1.3710. Disponível em: https://revistas.ufg.br/philosophos/article/view/3710. Acesso em: 18 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos Originais