AS DIZIMAS PERIÓDICAS NA FILOSOFIA DA MATEMÁTICA DE WITTGENSTEIN

Autores

  • André Porto UFG

DOI:

https://doi.org/10.5216/phi.v8i2.3210

Resumo

O presente artigo tem como tema as extensas discussões de Wittgenstein sobre uma das formas mais simples e elementares de infinitude em matemática: as dízimas periódicas. Tentamos organizar os vários argumentos do autor em uma única exposição continuada. No final do artigo, introduzimos, ainda que de forma breve, o famoso argumento sobre “execução de regras” de Wittgenstein, bem como a idéia de interpretações nãostandard de processos infinitos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

André Porto, UFG

Departamento de Filosofia, FCHF. Filosofia da Matemática, Lógica e Filosofia da linguagem.

Downloads

Publicado

23-01-2008

Como Citar

PORTO, A. AS DIZIMAS PERIÓDICAS NA FILOSOFIA DA MATEMÁTICA DE WITTGENSTEIN. Philósophos - Revista de Filosofia, Goiânia, v. 8, n. 2, 2008. DOI: 10.5216/phi.v8i2.3210. Disponível em: https://revistas.ufg.br/philosophos/article/view/3210. Acesso em: 21 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos Originais