ASPECTOS SOBRE A CONSTITUIÇÃO DA VONTADE GERAL DOS CIDADÃOS DE ROUSSEAU

Autores

  • Luiz Felipe de Andrade e Silva Saad UFU

DOI:

https://doi.org/10.5216/phi.v7i1.3155

Resumo

O artigo apresenta aspectos da formação da noção de vontade geral de Rousseau e a transformação conceitual que operou no pensamento político do século XVIII: a noção de universalité da vontade geral da espécie de Diderot tem o seu alcance limitado pela noção de généralité da vontade geral dos cidadãos de Rousseau. Mais exatamente, as vontades soberanas dos países limitam o desenvolvimento da vontade geral da espécie, pois esta, por ser uma vontade universal e ao alcance de todo ser racional, perde a sua força diante dos interesses particulares dos Estados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luiz Felipe de Andrade e Silva Saad, UFU

Departamento de Filosofia, UFU. Filosofia Política

Downloads

Publicado

17-01-2008

Como Citar

SAAD, L. F. de A. e S. ASPECTOS SOBRE A CONSTITUIÇÃO DA VONTADE GERAL DOS CIDADÃOS DE ROUSSEAU. Philósophos - Revista de Filosofia, Goiânia, v. 7, n. 1, 2008. DOI: 10.5216/phi.v7i1.3155. Disponível em: https://revistas.ufg.br/philosophos/article/view/3155. Acesso em: 26 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos Originais