RAWLS E A JUSTIÇA DE FUNDO "BACKGROUND JUSTICE"

Autores

  • Alcino Eduardo Bonella UFG

DOI:

https://doi.org/10.5216/phi.v6i1/2.3117

Resumo

A teoria de Rawls foi e é criticada às vezes como uma aceitação do status quo capitalista dominante: sua prioridade das liberdades básicas seria vazia numa sociedade marcada pela apropriação privada dos meios de produção e crescente concentração da riqueza produzida nas mãos dos proprietários. Essa crítica, porém, não é procedente para o caso de Rawls. Neste trabalho vou apresentar e discutir a idéia de justiça de fundo (background justice) como uma das respostas de Rawls a esta crítica. Com tal idéia ele defende que os dois princípios da justiça como eqüidade, operando em conjunto e tendo como foco a estrutura básica da sociedade, afastam a teoria dos principais problemas alegados pelos críticos, além de sugerir que a produção de um contexto social eqüitativo desonera o ideal da justiça de sua aplicação abrangente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alcino Eduardo Bonella, UFG

Universidade federal de Uberlândia Ética

Downloads

Publicado

13-01-2008

Como Citar

BONELLA, A. E. RAWLS E A JUSTIÇA DE FUNDO "BACKGROUND JUSTICE". Philósophos - Revista de Filosofia, Goiânia, v. 6, n. 1/2, 2008. DOI: 10.5216/phi.v6i1/2.3117. Disponível em: https://revistas.ufg.br/philosophos/article/view/3117. Acesso em: 17 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos Originais