ÉTICA DAS VIRTUDES EM ALASDAIR MACINTYRE: TRADIÇÃO, RACIONALIDADE E BEM HUMANO

Autores

  • Helder Buenos Aires de Carvalho Universidade Federal do Piauí

DOI:

https://doi.org/10.5216/phi.v18i1.20935

Palavras-chave:

Virtudes, Tradição, MacIntyre, Racionalidade, Relativismo

Resumo

Uma característica do aparato cultural ocidental contemporâneo é a tematização do ético nas mais diversas esferas da atividade humana, envolvendo desde a ação dos meios de comunicação de massa, passando pela saúde e pela economia, chegando à atividade política, ao desenvolvimento de novas tecnologias e à ecologia. Entretanto, se de um lado isso pode nos apontar otimisticamente para um possível melhoramento do ser humano diante do virulento pluralismo no qual vivemos, ao revelar cada vez mais preocupações e exigências éticas mais amplas e novidadeiras; por outro lado, esse aparente consenso em torno do ético não pode deixar de nos levar à pergunta a respeito do que está motivando profundamente todo esse aparato cultural a tê-lo como um de seus eixos centrais. O texto apresenta os eixos centrais da ética das virtudes de Alasdair MacIntyre, buscando mostrar como tradição, racionalidade e bem humanos estão articulados de modo a oferecer uma alternativa às dificuldades de garantir a racionalidade moral no interior do aparato cultural ocidental contemporâneo, frente a força cultural do emotivismo e do relativismo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Helder Buenos Aires de Carvalho, Universidade Federal do Piauí

Departamento de Filosofia/UFPI; Doutor em Filosofia (UFMG, 2004); Professor do PPG em Ética e Epistemologia da UFPI.

Downloads

Publicado

14-12-2012

Como Citar

CARVALHO, H. B. A. de. ÉTICA DAS VIRTUDES EM ALASDAIR MACINTYRE: TRADIÇÃO, RACIONALIDADE E BEM HUMANO. Philósophos - Revista de Filosofia, Goiânia, v. 18, n. 1, p. 75–101, 2012. DOI: 10.5216/phi.v18i1.20935. Disponível em: https://revistas.ufg.br/philosophos/article/view/20935. Acesso em: 21 fev. 2024.

Edição

Seção

Dossiê de Artigos Originais