Cidadania

Autores

  • Joel Pimentel de Ulhôa

DOI:

https://doi.org/10.5216/phi.v5i2.11338

Resumo

As profundas mudanças do mundo exigem ampliação do conceito de cidadania produzido pela ascenção da burguesia,que teve seu ápice na Revolução Francesa.Definido,basicamente pela declaração dos direitos do homem e do cidadão, de 1789,que foi reiterada,em 1948,pela ONU, a cidadania não ´pode desprezar os deveres sociais e éticos que todos nós temos,com vistas a uma sociedade mais justa,que resgate o ser humano no cidadão.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

05-09-2010

Como Citar

DE ULHÔA, J. P. Cidadania. Philósophos - Revista de Filosofia, Goiânia, v. 5, n. 2, p. 49–68, 2010. DOI: 10.5216/phi.v5i2.11338. Disponível em: https://revistas.ufg.br/philosophos/article/view/11338. Acesso em: 20 abr. 2024.

Edição

Seção

Artigos Originais