Adubação potássica e bioativadores na produtividade de soja e microbiota do solo

Autores

  • Layanara Oliveira Faria
  • Ane Gabriele Vaz Souza
  • Matheus Correa de Mello
  • Mariana Pina da Silva Berti

Resumo

Os micro-organismos do solo são de suma importância para a produtividade das culturas. Objetivou-se avaliar o efeito de doses de cloreto de potássio associadas a duas fontes bioativadoras na produtividade de soja e atividade microbiana do solo. Utilizou-se delineamento experimental em blocos casualizados, em esquema fatorial 5 x 2, com quatro repetições, sendo o primeiro fator constituído por doses de potássio (0, 30, 60, 90 e 120 kg ha-1 de K2O), utilizando-se cloreto de potássio como fonte, e o segundo por produtos bioativadores de solo: Penergetic (250 g ha-1) e Micro-organismos Eficientes (ME) (1:250), com 250 L ha-1 de calda. As doses de KCl influenciaram na atividade microbiana do solo, enquanto as fontes bioativadoras de solo com as doses de cloreto de potássio não apresentaram significância para o teor de potássio foliar e produtividade da soja. Doses de K2O superiores à de manutenção para a cultura da soja com ME influenciaram negativamente na biomassa microbiana do solo. O bioativador ME associado à dose de manutenção de K para a cultura da soja (60 kg ha-1) é o tratamento mais apropriado para a atividade microbiana do solo, por tratar-se da condição que apresenta ambiente mais estável e maior eficiência microbiana.

PALAVRAS-CHAVE: Ativadores de solo, Penergetic, biomassa microbiana.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

12-04-2023

Como Citar

FARIA, L. O.; SOUZA, A. G. V.; MELLO, M. C. de; BERTI, M. P. da S. Adubação potássica e bioativadores na produtividade de soja e microbiota do solo. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 53, p. e74945, 2023. Disponível em: https://revistas.ufg.br/pat/article/view/74945. Acesso em: 25 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigo Científico