Rentabilidade do cultivo orgânico de cenoura sob interferência de plantas espontâneas e métodos de semeadura

Autores

  • Luís Gustavo de Souza e Souza
  • Regina Lúcia Felix Ferreira
  • Sebastião Elviro de Araújo Neto
  • Thays Lemos Uchôa
  • Nilciléia Mendes da Silva
  • Wagner de Moura Francisco

Resumo

A presença de plantas espontâneas em cultivos de hortaliças apresenta grande impacto na produtividade e nos custos, independentemente do sistema de cultivo adotado. Objetivou-se avaliar períodos de interferência de plantas espontâneas na rentabilidade do cultivo orgânico de cenoura sob diferentes métodos de semeadura. Foram instalados dois experimentos [convivência e controle de plantas espontâneas, em delineamento de blocos casualizados, no esquema de parcelas subdivididas (5 x 2), com cinco períodos: 15, 20, 25, 30 e 35 dias após a semeadura] e utilizados dois métodos de semeadura: semeadura direta e sementes hidrocondicionadas. A partir dos dados de produtividade e coeficientes técnicos, foi realizada a avaliação econômica da produção, com cálculo de custos de produção e receitas. A maior receita líquida foi obtida quando o cultivo foi mantido limpo entre 19 e 30 dias. A receita total aumentou linearmente R$ 0,33 m-2 para cada dia de controle de plantas espontâneas, enquanto o decréscimo linear foi de R$ -0,37 m-2 para a convivência. A semeadura hidrocondicionada eleva os indicadores econômicos do cultivo orgânico de cenoura.

PALAVRAS-CHAVE: Daucus carota, agroecologia, sementes hidrocondicionadas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

29-03-2023

Como Citar

SOUZA, L. G. de S. e; FERREIRA, R. L. F.; ARAÚJO NETO, S. E. de; UCHÔA, T. L.; SILVA, N. M. da; FRANCISCO, W. de M. Rentabilidade do cultivo orgânico de cenoura sob interferência de plantas espontâneas e métodos de semeadura. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 53, p. e74735, 2023. Disponível em: https://revistas.ufg.br/pat/article/view/74735. Acesso em: 21 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigo Científico