Qualidade fisiológica de sementes de Physalis ixocarpa Brot. ex Hornem em relação ao estágio de maturação e época de cultivo

Autores

  • Natália dos Santos Barroso
  • Josandra Souza Teles Fonseca
  • Marilza Neves do Nascimento
  • Taliane Leila Soares
  • Claudinéia Regina Pelacani

Resumo

Physalis ixocarpa é uma fruta comestível com grande importância econômica em muitos países. O uso de sementes de alta qualidade é essencial para o sucesso do seu cultivo; portanto, sua colheita deve ser realizada no ponto máximo de maturidade fisiológica. Objetivou-se verificar a influência da época de cultivo e do estádio de maturação dos frutos na maturidade fisiológica de sementes de duas variedades de P. ixocarpa (‘verde’ e ‘roxa’) cultivadas no semiárido brasileiro. Foram avaliados o teor de água, massa seca, porcentagem de germinação e emergência de plântulas. A época de cultivo influenciou no processo de maturação das sementes das duas variedades avaliadas, com efeito mais pronunciado para a ‘roxa’. Para se obter sementes de maior qualidade, o cultivo no semiárido brasileiro pode ser realizado de maio a agosto e a coleta de frutos para obtenção de sementes a partir do estádio 4 de maturação.

PALAVRAS-CHAVE: Solanaceae, tomatillo, maturação de frutos, potencial fisiológico de sementes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

01-02-2023

Como Citar

BARROSO, N. dos S.; FONSECA, J. S. T.; NASCIMENTO, M. N. do; SOARES, T. L.; PELACANI, C. R. Qualidade fisiológica de sementes de Physalis ixocarpa Brot. ex Hornem em relação ao estágio de maturação e época de cultivo. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 53, p. e74090, 2023. Disponível em: https://revistas.ufg.br/pat/article/view/74090. Acesso em: 18 jul. 2024.

Edição

Seção

Nota Científica