Análise de trilha na avaliação de componentes de produção de etanol e de colmos em sorgo sacarino

Autores

  • Letícia Ferreira Vieira
  • José Wilson da Silva
  • Maxwel Rodrigues Nascimento
  • Paulo Ricardo dos Santos
  • Danilo Força Baroni

Resumo

Análise de trilha é uma metodologia capaz de desdobrar os coeficientes de correlação em efeitos diretos e indiretos, auxiliando o melhorista no estudo de caracteres quantitativos. Objetivou-se utilizar a metodologia para quantificar esses efeitos na produção de etanol teórico, exercidos pelas variáveis produção de matéria seca total e de colmo, sólidos solúveis na colheita e eficiência de extração de caldo, e na produção de colmo, pelas variáveis agronômicas altura média das plantas na colheita, número de dias até o florescimento, produção de biomassa verde e porcentagem de colmos na produção de biomassa verde. A variável sólidos solúveis apresentou os maiores efeitos total (0,8844) e direto (0,5969) sobre a produção teórica de etanol, indicando grande dependência da variável principal pela explicativa. O maior efeito indireto foi via produção de colmos (0,2820). As quatro variáveis consideradas como dependentes (altura média das plantas, número de dias até o florescimento, porcentagem de colmos na produção de biomassa verde e produção de biomassa verde) apresentaram valores positivos de efeito total sobre a produção de colmo. O maior efeito direto (0,8010) foi exercido pela produção de biomassa verde.

PALVRAS-CHAVE: Sorghum bicolor L., biocombustíveis, correlação genotípica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

27-09-2022

Como Citar

VIEIRA, L. F. .; SILVA, J. W. da; NASCIMENTO, M. R. .; SANTOS, P. R. dos; BARONI , D. F. Análise de trilha na avaliação de componentes de produção de etanol e de colmos em sorgo sacarino. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 52, p. e72850, 2022. Disponível em: https://revistas.ufg.br/pat/article/view/72850. Acesso em: 7 fev. 2023.

Edição

Seção

Artigo Científico