Seleção precoce de genótipos de Coffea arabica tolerantes à seca em estágio de mudas utilizando-se divergência funcional

Autores

  • André Moraes Reis
  • Antônio Nazareno Guimarães Mendes
  • Juliana Costa de Rezende Abrahão
  • Meline de Oliveira Santos
  • Vânia Aparecida Silva

Resumo

O desenvolvimento de cultivares mais tolerantes à seca é essencial para a manutenção da produção agrícola mundial. Objetivou-se realizar uma seleção precoce de genótipos de Coffea arabica tolerantes à seca, avaliando-se sua divergência funcional por meio de análises morfológicas, anatômicas e fisiológicas. Mudas de 14 genótipos foram submetidas ao estresse hídrico imposto pela irrigação por 18 dias. Foram medidos parâmetros de crescimento e anatômicos, potencial hídrico foliar e trocas gasosas. Em condições irrigadas e seca prolongada (18 dias), a divergência entre os genótipos foi determinada principalmente por características morfológicas, como área foliar, diâmetro do caule e, consequentemente, massa seca da parte aérea. Sob seca moderada (14 dias), parâmetros como potencial hídrico, espessura da cutícula, densidade estomática, número de vasos do xilema e eficiência do uso da água foram importantes para a divergência do grupo com maior capacidade de manter seu estado hídrico. Os genótipos 1, 2, 4, 11 e 12 possuem características que contribuíram para a manutenção do estado hídrico, como maior espessura de cutícula, densidade estomática, menor número de vasos xilemáticos e espessura do floema, maior comprimento de raiz e maior eficiência de uso de água. A divergência funcional combinando análises morfológicas, anatômicas e fisiológicas em resposta à seca moderada indicou a seleção precoce dos genótipos 1, 2, 4, 11 e 12 como mais tolerantes à seca durante a fase de muda.

PALAVRAS-CHAVE: Café, eficiência do uso de água, potencial hídrico foliar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

29-06-2022

Como Citar

REIS, A. M.; MENDES, A. N. G. .; ABRAHÃO, J. C. de R. .; SANTOS, M. de O. .; SILVA, V. A. . Seleção precoce de genótipos de Coffea arabica tolerantes à seca em estágio de mudas utilizando-se divergência funcional: . Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 52, p. e72412, 2022. Disponível em: https://revistas.ufg.br/pat/article/view/72412. Acesso em: 3 dez. 2022.

Edição

Seção

Suplemento Especial: Mudança Climática na Agricultura