Sistema fuzzy em pré-tratamento de capim-elefante com sulfato ferroso

Autores

  • Emmanuel Zullo Godinho Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências Agronômicas, Botucatu, SP, Brasil.
  • Fernando de Lima Caneppele Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Pirassununga, SP, Brasil. https://orcid.org/0000-0003-4498-8682

Resumo

As energias renováveis vêm ocupando cada vez mais espaço nas matrizes energéticas mundiais, e as biomassas lignocelulósicas são promissoras para essas fontes de energia. Objetivou-se desenvolver um modelo fuzzy para otimizar a concentração de sulfato ferroso e temperatura no pré-tratamento de capim-elefante. Foram utilizadas como entrada cinco concentrações (10; 15; 20; 25; e 30 mM) e três temperaturas (25; 40; e 55 ºC). A aplicação do modelo fuzzy evidenciou que os melhores resultados para a exposição à celulose (53,1 %) foram alcançados utilizando-se concentração de sulfato ferroso entre 20 e 22,5 mM e temperatura entre 39,5 e 42,5 ºC.

PALAVRAS-CHAVE: Pennisetum purpureum Schum., celulose, modelagem matemática.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

21-01-2022

Como Citar

GODINHO, E. Z.; CANEPPELE, F. de L. . Sistema fuzzy em pré-tratamento de capim-elefante com sulfato ferroso. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 52, p. e70483, 2022. Disponível em: https://revistas.ufg.br/pat/article/view/70483. Acesso em: 17 ago. 2022.

Edição

Seção

Nota Científica