Atividade alimentar da fauna do solo em sistemas de produção sob palhadas de plantas de cobertura

Autores

  • Arlini Rodrigues Fialho
  • Darliane de Castro Santos
  • Cintia Carla Niva
  • Jaqueline Balbina Gomes Ferreira
  • Tiago do Prado Paim

Resumo

Conservar o nível desejável de qualidade do solo, especialmente prezando sua saúde e sustentabilidade, não é tarefa simples, devido aos inúmeros fatores que o influenciam. Objetivou-se mensurar a atividade alimentar da fauna do solo em sistemas de produção sob palhadas de plantas de cobertura amostradas à profundidade de 0-8,0 cm. Foi adotado delineamento em blocos casualizados, com quatro repetições e oito tratamentos, que corresponderam ao cultivo de soja sob palhadas de plantas de cobertura: monocultivo de milho; milho consorciado com Urochloa ruziziensis; monocultivo de U. ruziziensis; sorgo consorciado com U. ruziziensis; monocultivo de sorgo; girassol consorciado com U. ruziziensis; mix (milheto + Crotalaria spectabilis + U. ruziziensis) e pousio. À profundidade de 1,0 cm, houve variação de 63,59-37,06 % no consumo entre os tratamentos, com maior consumo para o mix, em comparação ao pousio. À profundidade de 2,0-7,0 cm, o consumo não variou entre os tratamentos. Para a profundidade de 8,0 cm, o pousio apresentou o maior consumo (45,76 %; p < 0,05), em comparação ao girassol consorciado com U. ruziziensis (20,51 %), sorgo (20,58 %) e sorgo consorciado com U. ruziziensis (18,96 %).

PALAVRAS-CHAVE: Glycine max, Urochloa ruziziensis, qualidade do solo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

31-05-2022

Como Citar

FIALHO, A. R. .; SANTOS, D. de C. .; NIVA, C. C.; FERREIRA, J. B. G. .; PAIM, T. do P. . Atividade alimentar da fauna do solo em sistemas de produção sob palhadas de plantas de cobertura. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 52, p. e70416, 2022. Disponível em: https://revistas.ufg.br/pat/article/view/70416. Acesso em: 8 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigo Científico