Fator de adubação associado ao índice de suficiência de nitrogênio na adubação nitrogenada em cobertura de feijão-comum

Autores

Resumo

As atuais recomendações de doses de nitrogênio (N) podem não contemplar a dinâmica complexa do N no solo, o que pode implicar em insuficiência à demanda da cultura. Objetivou-se avaliar o uso de dois medidores portáteis de clorofila (Minolta SPAD 502 e ClorofiLOG modelo CFL 1030), após a definição do índice de suficiência de nitrogênio (ISN), para estimar o fator de adubação nitrogenada em genótipos modernos de feijão. Utilizou-se delineamento em blocos, com 4 repetições. Cada experimento foi composto por quatro tratamentos, com doses de 0; 5; 10; e 20 kg ha-1 de N para cada 1 % considerado abaixo do ISN definido como adequado para cada cultivar. Ao final do ciclo, foram avaliados os componentes de produção e a produtividade. Não foi possível a obtenção de ajustes precisos na metodologia para a cultivar TAA Gol. O fator de adubação de 12,5 kg ha-1 de N a cada 1 % abaixo do ISN de 90 % mostrou-se eficiente para a cultivar Pérola, quando utilizado o clorofilômetro SPAD-502. Em genótipos com características de porte e ciclo semelhantes às da cultivar BRSMG Uai e linhagem VR 20, com a utilização de fator de adubação entre 14 e 16 kg ha-1 de N, o ISN de 95 % deve ser reduzido, visando aumentar a eficiência da adubação nitrogenada.

PALAVRAS-CHAVES: Phaseolus vulgaris L., manejo de nitrogênio, clorofilômetro.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

15-10-2021

Como Citar

NASCIMENTO, G. H. do; MORAES, L. C.; MOREIRA, S. G.; MARTINS, F. A. D.; PIMENTEL, G. V. Fator de adubação associado ao índice de suficiência de nitrogênio na adubação nitrogenada em cobertura de feijão-comum. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 51, p. e69160, 2021. Disponível em: https://revistas.ufg.br/pat/article/view/69160. Acesso em: 19 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigo Científico