Componentes de produção de cultivares de girassol em diferentes épocas de semeadura

Autores

Resumo

A época de semeadura é de fundamental importância para se alcançar altas produtividades na cultura do girassol (Helianthus annuus L.), reduzindo riscos e perdas e maximizando a produtividade da cultura. Objetivou-se avaliar a interferência da época de semeadura nos caracteres morfológicos (altura de planta, número de folhas, diâmetro de colmo e de capítulo) e de produção (peso de mil aquênios e produtividade total). O experimento foi conduzido nos anos agrícolas de 2017/2018 e 2018/2019, utilizando-se delineamento de blocos casualizados, em esquema bifatorial 3 × 2, com três épocas de semeadura (20/10, 19/11 e 22/12) e dois híbridos (BRS 321 e BRS 323). Observou-se, para todas as variáveis analisadas, interferência negativa do ambiente e da época de semeadura. A terceira época de semeadura (22/12), em ambos os anos agrícolas, resultou em redução drástica nas características morfológicas e de produção das cultivares, com redução de 50 % na produtividade de aquênios.

PALAVRAS-CHAVE: Helianthus annuus L., épocas de semeadura, características morfológicas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

23-07-2021

Como Citar

TURCHETTO, R.; TROMBETTA, L. J.; ROSA, G. M. da; VOLPI, G. B.; BARROS, S. Componentes de produção de cultivares de girassol em diferentes épocas de semeadura. Pesquisa Agropecuária Tropical, [S. l.], v. 51, p. e68137, 2021. Disponível em: https://revistas.ufg.br/pat/article/view/68137. Acesso em: 19 out. 2021.

Edição

Seção

Artigo Científico