Filme de partículas de cálcio melhora o crescimento e partição de batata-doce

Autores

Resumo

Altas temperaturas podem afetar o desenvolvimento e rendimento da cultura da batata-doce. Tecnologias como filmes de partículas podem mitigar seus efeitos. Objetivou-se avaliar o efeito de filme de partículas de óxido de cálcio (CaO) na remobilização e acúmulo de fotoassimilados em batata-doce, bem como seu impacto na produtividade da cultura. O delineamento experimental foi em blocos ao acaso, com quatro repetições por tratamento: controle; 5; 10; e 15 % de CaO. De maneira geral, houve aumento de volume radicular; peso médio por raiz; massa seca e fresca de raízes, ramos e folhas; e taxas de crescimento para 10 % de CaO. A maior produtividade e número de raízes comercializáveis ​​foram observados para 10 e 15 % de CaO. A utilização de 10 % de CaO causou aumento na remobilização de fotoassimilados e, consequentemente, aumento na produtividade da batata-doce.

PALAVRAS-CHAVE: Ipomoea batatas L., óxido de cálcio, sombreamento artificial, distribuição de fotoassimilados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

19-08-2021

Como Citar

OLIVEIRA, A. P.; SANTOS, A. A. .; FONTES, P. T. N. .; CARNELOSSI, M. A. G. .; FAGUNDES, J. L. .; OLIVEIRA JUNIOR, L. F. G. de . Filme de partículas de cálcio melhora o crescimento e partição de batata-doce. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 51, p. e67814, 2021. Disponível em: https://revistas.ufg.br/pat/article/view/67814. Acesso em: 21 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigo Científico