COMPARAÇÃO DE MÉTODOS PARA ESTIMATIVA DO PLASTOCRONO EM ALGODOEIRO EM CONDIÇÕES TROPICAIS

Autores

  • Luiz Carlos Pereira Universidade Federal de Mato Grosso-UFMT
  • José Holanda Campelo Júnior
  • Alessandro Ferronato

Palavras-chave:

Gossypium hirsutum, graus-dia, função beta, idade fisiológica, unidades térmicas

Resumo

O tempo de crescimento e desenvolvimento de plantas é influenciado pela temperatura média do ar, entre outras variáveis ambientais. Neste trabalho, foram utilizados três métodos de cálculo para contagem do tempo do plastocrono em algodoeiro, em condições de clima tropical, utilizando-se, como variável, o acúmulo de unidades térmicas, calculadas a partir da temperatura média diária do ar, considerando-se os conceitos de graus-dia e soma térmica acumulada. Foram utilizados dois métodos de cálculo da Temperatura Média Diária e três métodos de obtenção dos valores de Graus-Dia e Soma Térmica Acumulada. Considerando-se que a Soma Térmica Acumulada é um método que considera que o crescimento e desenvolvimento das plantas apresentam resposta linear à influência da temperatura do ar, foi testada, também, uma abordagem não-linear, descrita por Wang & Engel (1998), utilizada, neste trabalho, com a denominação de Função beta. Na Função beta, também foram utilizadas as Temperaturas Médias Diárias obtidas pelos dois diferentes métodos de cálculo. Os resultados obtidos permitiram considerar que a Função beta foi melhor na estimativa do plastocrono e que o método de cálculo da Temperatura Média Diária influenciou os resultados obtidos.

PALAVRAS-CHAVE: Gossypium hirsutum; graus-dia; função beta; idade fisiológica; unidades térmicas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luiz Carlos Pereira, Universidade Federal de Mato Grosso-UFMT

Sou estudante de Doutorado no Programa de Pós-graduação em Agricultura Tropical da Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária da UFMT

Downloads

Publicado

09-07-2010

Como Citar

PEREIRA, L. C.; CAMPELO JÚNIOR, J. H.; FERRONATO, A. COMPARAÇÃO DE MÉTODOS PARA ESTIMATIVA DO PLASTOCRONO EM ALGODOEIRO EM CONDIÇÕES TROPICAIS. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 40, n. 2, p. 213–220, 2010. Disponível em: https://revistas.ufg.br/pat/article/view/6716. Acesso em: 24 fev. 2024.

Edição

Seção

Produção Vegetal