Formação de idioblastos e produção de óleo essencial em cultivo irrigado de Piper aduncum

Autores

  • Ana Carolina Pires Jacinto Universidade Federal de Uberlândia, Instituto de Ciências Agrárias, Monte Carmelo, Minas Gerais, Brasil, carol.agro.ufu@gmail.com https://orcid.org/0000-0001-8184-5803
  • Leonardo Paula de Souza Universidade Federal do Acre, Centro de Ciências Biológicas e da Natureza, Rio Branco, Acre, Brasil, leonardo.acre@gmail.com https://orcid.org/0000-0002-4522-8020
  • Adriana Tiemi Nakamura Universidade Federal de Uberlândia, Instituto de Ciências Agrárias, Monte Carmelo, Minas Gerais, Brasil, atnakamura@ufu.br https://orcid.org/0000-0002-8527-8962
  • Fábio Janoni Carvalho nstituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Triângulo Mineiro, Uberaba, Minas Gerais, Brasil, fabiojanoni@hotmail.com https://orcid.org/0000-0002-0327-1821
  • Edson Simão Universidade Federal de Uberlândia, Instituto de Ciências Agrárias, Monte Carmelo, Minas Gerais, Brasil, esimao@ufu.br https://orcid.org/0000-0001-8855-2907
  • João Luis Zocoler Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Engenharia de Ilha Solteira, Departamento de Fitossanidade, Engenharia Rural e Solos, Ilha Solteira, São Paulo, Brasil, jlzocoler@gmail.com https://orcid.org/0000-0001-5038-7715
  • Celso Luis Bergo Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa Acre), Centro de Pesquisa Agroflorestal, Rio Branco, Acre, Brasil, celso.bergo@embrapa.br https://orcid.org/0000-0003-1902-8188

Palavras-chave:

Piperaceae, Estresse hídrico, Células oleíferas

Resumo

O cultivo de Piper aduncum para a extração de óleo essencial é crescente, mas carece de informações básicas de manejo e cultivo, que possibilitem produtividade e qualidade do produto para atender a demanda de mercado. Objetivou-se avaliar a relação entre a produção de óleos essenciais em P. aduncum e tensões de água no solo (20 kPa, 40 kPa, 60 kPa, 100 kPa e sem irrigação). Foram avaliados o número de idioblastos e a produção de óleo essencial em folhas de plantas cultivadas. A variação na tensão de água no solo altera a quantidade de idioblastos nas folhas de P. aduncum, com reflexo na produção de óleo essencial. A tensão de água no solo de 20-60 kPa é suficiente para a planta expressar o maior número de idioblastos e maior produção de óleo essencial. A espécie se adapta a diferentes condições de disponibilidade de água no solo. Em condições de estresse, devido ao déficit ou excesso de água, a produção de óleo essencial é reduzida.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Carolina Pires Jacinto, Universidade Federal de Uberlândia, Instituto de Ciências Agrárias, Monte Carmelo, Minas Gerais, Brasil, carol.agro.ufu@gmail.com

Leonardo Paula de Souza, Universidade Federal do Acre, Centro de Ciências Biológicas e da Natureza, Rio Branco, Acre, Brasil, leonardo.acre@gmail.com

Adriana Tiemi Nakamura, Universidade Federal de Uberlândia, Instituto de Ciências Agrárias, Monte Carmelo, Minas Gerais, Brasil, atnakamura@ufu.br

Edson Simão, Universidade Federal de Uberlândia, Instituto de Ciências Agrárias, Monte Carmelo, Minas Gerais, Brasil, esimao@ufu.br

João Luis Zocoler, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Engenharia de Ilha Solteira, Departamento de Fitossanidade, Engenharia Rural e Solos, Ilha Solteira, São Paulo, Brasil, jlzocoler@gmail.com

Celso Luis Bergo, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa Acre), Centro de Pesquisa Agroflorestal, Rio Branco, Acre, Brasil, celso.bergo@embrapa.br

Downloads

Publicado

13-12-2018

Como Citar

PIRES JACINTO, A. C.; PAULA DE SOUZA, L.; TIEMI NAKAMURA, A.; JANONI CARVALHO, F.; SIMÃO, E.; LUIS ZOCOLER, J.; LUIS BERGO, C. Formação de idioblastos e produção de óleo essencial em cultivo irrigado de Piper aduncum. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 48, n. 4, p. 447–452, 2018. Disponível em: https://revistas.ufg.br/pat/article/view/53165. Acesso em: 4 mar. 2024.

Edição

Seção

Artigo Científico