Seleção de genitores e populações segregantes de feijoeiro comum com alto potencial agronômico e escurecimento lento de grãos

Autores

  • Fernanda de Cássia Silva Universidade Federal de Goiás, Escola de Agronomia, Goiânia, Goiás, Brasil, eng.fernanda09@gmail.com https://orcid.org/0000-0002-2987-5340
  • Helton Santos Pereira Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa Arroz e Feijão), Santo Antônio de Goiás, Goiás, Brasil, helton.pereira@embrapa.br https://orcid.org/0000-0001-5348-7615
  • Patrícia Guimarães Santos Melo Universidade Federal de Goiás, Escola de Agronomia, Goiânia, Goiás, Brasil, pgsantos@gmail.com https://orcid.org/0000-0001-5629-7489
  • Leonardo Cunha Melo Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa Arroz e Feijão), Santo Antônio de Goiás, Goiás, Brasil, leonardo.melo@embrapa.br

Palavras-chave:

Phaseolus vulgaris, Qualidade de grão, Índice de seleção

Resumo

A escolha de genitores e populações segregantes são etapas primordiais para o sucesso do melhoramento de plantas. Para a cultura do feijoeiro comum, o desenvolvimento de genótipos que associem caracteres agronômicos e de qualidade dos grãos favoráveis pode aumentar as chances de adoção de novas cultivares. Objetivou-se selecionar genitores e populações segregantes promissoras para a extração de linhagens com escurecimento lento de grãos, associado à alta produtividade, tolerância ao acamamento e baixo tempo de cocção após o armazenamento; além de investigar a relação entre escurecimento de grãos e tempo de cocção após o armazenamento. Vinte populações segregantes (gerações F3, F4 e F5) e seus genitores foram avaliados. O índice da soma de postos para caracteres combinados foi usado na seleção de populações superiores. Foram estimadas as correlações genéticas e fenotípicas entre o escurecimento e o tempo de cocção dos grãos após o armazenamento. Entre os genitores, a cultivar BRSMG Madrepérola foi a mais promissora para gerar linhagens com escurecimento lento de grãos. As populações superiores foram BRSMG Madrepérola x IPR Saracura, BRSMG Madrepérola x BRS Sublime, BRSMG Madrepérola x BRS Estilo e BRSMG Madrepérola x BRS Notável. Não foi detectada associação linear entre escurecimento de grãos e tempo de cocção de grãos após o armazenamento, indicando que o primeiro atributo não é indicador adequado para inferir sobre tempo de cocção.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fernanda de Cássia Silva, Universidade Federal de Goiás, Escola de Agronomia, Goiânia, Goiás, Brasil, eng.fernanda09@gmail.com

Helton Santos Pereira, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa Arroz e Feijão), Santo Antônio de Goiás, Goiás, Brasil, helton.pereira@embrapa.br

Patrícia Guimarães Santos Melo, Universidade Federal de Goiás, Escola de Agronomia, Goiânia, Goiás, Brasil, pgsantos@gmail.com

Leonardo Cunha Melo, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa Arroz e Feijão), Santo Antônio de Goiás, Goiás, Brasil, leonardo.melo@embrapa.br

Downloads

Publicado

20-04-2018

Como Citar

DE CÁSSIA SILVA, F.; SANTOS PEREIRA, H.; GUIMARÃES SANTOS MELO, P.; CUNHA MELO, L. Seleção de genitores e populações segregantes de feijoeiro comum com alto potencial agronômico e escurecimento lento de grãos. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 48, n. 1, p. 75–82, 2018. Disponível em: https://revistas.ufg.br/pat/article/view/49519. Acesso em: 29 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigo Científico