Caracterização química e bioenergética de grupos agronômicos de sorgo

Autores

  • Leonardo Duarte Pimentel
  • Vanessa Aparecida Pereira Batista
  • Angélica Fátima de Barros
  • Reinaldo Francisco Teófilo
  • Luiz Antônio dos Santos Dias

Palavras-chave:

Sorghum bicolor, bioenergia, biocombustível.

Resumo

A demanda e produção mundial de energia primária deverá crescer à taxa de 1,4 % ao ano, até 2035. No mesmo período, a produção de energias renováveis deverá crescer à taxa de 6,6 % ao ano, passando de 3 % para 9 % de energia primária mundial. Logo, a oferta de biocombustíveis assume papel estratégico para a segurança energética mundial. Neste contexto, o sorgo é uma alternativa promissora no setor bioenergético, devido às suas características agronômicas e adaptabilidade às condições edafoclimáticas limitantes. Objetivou-se avaliar o potencial produtivo de três grupos agronômicos de sorgo (biomassa, sacarino e forrageiro), bem como caracterizar quimicamente a biomassa desses materiais. Para isso, conduziu-se um experimento utilizando-se delineamento em blocos casualizados, no qual foram realizadas avaliações agronômicas, químicas (celulose, hemicelulose, lignina e cinzas) e teores de umidade. As cultivares de sorgo biomassa apresentaram alta produtividade (cerca de 30 t ha-1 de colmo seco), sendo, por isso, mais indicadas para a geração de biocombustíveis sólidos, isto é, queima direta. Já as cultivares de sorgo forrageiro apresentaram menor teor de lignina nos colmos, em relação às demais cultivares, sendo indicadas para a geração de biocombustíveis líquidos. Destaca-se, ainda, a possibilidade de produção de bioetanol de segunda geração a partir do bagaço de sorgo sacarino. Logo, o sorgo apresenta diferentes potenciais de uso que podem ser explorados pelo setor de bioenergia de acordo com o grupo agronômico e a parte física da planta.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

10-01-2018

Como Citar

PIMENTEL, L. D.; BATISTA, V. A. P.; BARROS, A. F. de; TEÓFILO, R. F.; DIAS, L. A. dos S. Caracterização química e bioenergética de grupos agronômicos de sorgo. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 47, n. 4, p. 424–431, 2018. Disponível em: https://revistas.ufg.br/pat/article/view/49170. Acesso em: 13 abr. 2024.

Edição

Seção

Artigo Científico