Retenção de proteínas e minerais após a cocção em genótipos de feijão-caupi

Autores

  • Danillo Olegário Matos da Silva Universidade Estadual de Feira de Santana
  • Carlos Antonio Fernandes Santos
  • Sirando Lima Seido
  • Washington Carvalho Pacheco Coelho
  • Deisy Aiane Lima de Aquino

Palavras-chave:

Vigna unguiculata, teor de nutrientes, processamento térmico.

Resumo

O feijão-caupi é uma cultura tolerante ao déficit hídrico, com teores moderados de proteínas e minerais e rápida cocção, requisitos importantes para regiões semiáridas. Objetivou-se avaliar a retenção de proteínas totais e minerais após a cocção, em genótipos de feijão-caupi, a fim de selecionar os que melhor preservem os teores desses nutrientes. Foram avaliados 24 genótipos, sendo dez linhagens, cinco cultivares comerciais e nove variedades mantidas por agricultores. A cocção teve efeito reduzido nos teores de proteína, potássio, cálcio, ferro e zinco, nos grãos de feijão-caupi, com efeitos significativos em poucos genótipos. Foi observada correlação significativa e positiva apenas para produção de grãos x teor de zinco e proteínas x tempo de cocção. A linhagem CPCR3F6L17 obteve alta produtividade de grãos e elevados teores de proteína, potássio, ferro e zinco, após a cocção, mostrando-se promissora para a região estudada.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

09-10-2017

Como Citar

SILVA, D. O. M. da; SANTOS, C. A. F.; SEIDO, S. L.; COELHO, W. C. P.; AQUINO, D. A. L. de. Retenção de proteínas e minerais após a cocção em genótipos de feijão-caupi. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 47, n. 3, p. 353–359, 2017. Disponível em: https://revistas.ufg.br/pat/article/view/47261. Acesso em: 24 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigo Científico