PRODUTIVIDADE DE Stylosantes guianensis cv. MINEIRÃO EM RESPOSTA AO EFEITO RESIDUAL DE BIOSSÓLIDO EM ÁREA DEGRADADA

Autores

  • Emiliano Lôbo de Godoi Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos
  • Jácomo Divino Borges UFG
  • Paulo Alcanfor Ximenes UFG
  • Wilson Mozena Leandro UFG

Palavras-chave:

Lodo de esgoto, biossólido, áreas degradadas, bio-estimulador

Resumo

O presente trabalho teve como objetivo avaliar o efeito residual do lodo de esgoto produzido na Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) de Goiânia, GO, tratado com 50% de cal virgem (v/v) e um bio-estimulador sobre a produtividade de fitomassa de Stylosanthes guianensis cv. Mineirão, em duas épocas. A primeira foi aos 150 dias após o plantio e a segunda aos 273 dias após a primeira colheita (423 dias de idade). Foram aplicados oito tratamentos: testemunha; adubação mineral; 20 Mg ha-1 de biossólido; 20 Mg ha-1 de biossólido + bio-estimulador; 40 Mg ha-1 de biossólido; 40 Mg ha-1 de biossólido + bio-estimulador; 60 Mg ha-1 de biossólido; 60 Mg ha-1 de biossólido + bio-estimulador. O delineamento experimental adotado foi o de blocos completos casualizados, com quatro repetições. No primeiro corte, as produtividades não diferiram significativamente entre os tratamentos com adubação mineral e os tratamentos com dosagens crescentes de biossólido na ausência do bio-estimulador. Verificou-se que o uso do bio-estimulador afetou negativamente a produtividade de S. guianensis. No segundo corte, observou-se tendência de aumento da produtividade em todos os tratamentos, com exceção do que recebeu adubação química. As produtividades obtidas nos tratamentos que receberam bio-estimulador foram semelhantes à testemunha e significativamente inferiores aos demais tratamentos. Os resultados indicam a existência de efeito residual do biossólido.

PALAVRAS-CHAVE: Lodo de esgoto; biossólido; áreas degradadas; bio-estimulador.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

01-09-2008

Como Citar

GODOI, E. L. de; BORGES, J. D.; XIMENES, P. A.; LEANDRO, W. M. PRODUTIVIDADE DE Stylosantes guianensis cv. MINEIRÃO EM RESPOSTA AO EFEITO RESIDUAL DE BIOSSÓLIDO EM ÁREA DEGRADADA. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 38, n. 3, p. 158–163, 2008. Disponível em: https://revistas.ufg.br/pat/article/view/4662. Acesso em: 7 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigo Científico