Desempenho agronômico de cultivares de soja em sistema agroflorestal

Autores

  • Flávia Werner Universidade Estadual de Londrina
  • Alvadi Antonio Balbinot Junior Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária
  • Julio Cezar Franchini Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária
  • André Sampaio Ferreira Universidade Estadual de Londrina
  • Marcelo Augusto de Aguiar e Silva Universidade Estadual de Londrina

Palavras-chave:

Glycine max L. Merril, Eucalyptus grandis Hill ex. Maiden, qualidade de grãos.

Resumo

O consórcio de espécies florestais e agrícolas pode contribuir para a intensificação sustentável dos sistemas de produção. Objetivou-se avaliar os componentes de rendimento, a produtividade e a qualidade de grãos de cultivares de soja, em sistema agroflorestal com Eucalyptus grandis. O delineamento utilizado foi o de blocos completos casualizados, em parcelas subdivididas, com três repetições. Nas parcelas, foram alocadas quatro cultivares de soja (BRS 359 RR, BRS 360 RR, BMX Potência RR e NA 5909 RR) e, nas subparcelas, cinco posições entre os renques de E. grandis (espaçados em 28 m - próximo às árvores nas posições leste e oeste, posição intermediária nos lados leste e oeste e no centro do entre renque). Os componentes de rendimento e a produtividade de grãos de soja apresentam redução acentuada quando cultivadas mais próximas dos renques de E. grandis, entretanto, os teores de óleo e proteína nos grãos não são alterados pela posição entre renques, independentemente da cultivar. Dentre as cultivares avaliadas, NA 5909 RR apresenta o melhor desempenho agronômico em sistema agroflorestal com eucalipto.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

14-09-2017

Como Citar

WERNER, F.; BALBINOT JUNIOR, A. A.; FRANCHINI, J. C.; FERREIRA, A. S.; AGUIAR E SILVA, M. A. de. Desempenho agronômico de cultivares de soja em sistema agroflorestal. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 47, n. 3, p. 279–285, 2017. Disponível em: https://revistas.ufg.br/pat/article/view/45937. Acesso em: 5 mar. 2024.

Edição

Seção

Artigo Científico