Propriedades mecânicas do sistema fruto-ráquila de macaúba

Autores

  • Nara Silveira Velloso Universidade Federal de Lavras
  • Fábio Lúcio Santos Universidade Federal de Lavras
  • Francisco de Assis de Carvalho Pinto Universidade Federal de Viçosa
  • Flora Maria de Melo Villar Universidade Federal de Viçosa
  • Domingos Sárvio Magalhães Valente Universidade Federal de Viçosa

Palavras-chave:

Acrocomia aculeata, biodiesel, razão de amortecimento, razão de Poisson.

Resumo

O fruto da palmeira nativa macaúba [Acrocomia aculeata (lacq) Lood. ex Mart] é uma alternativa para a produção de biodiesel devido às características da planta, como sua adaptabilidade, rusticidade e alta produção de óleo vegetal. Contudo, sua exploração ainda é extrativista e há grandes dificuldades em sua colheita. Objetivou-se determinar as propriedades mecânicas do sistema fruto-ráquila de macaúba que servirão de suporte aos projetos de máquinas para colheita por vibração mecânica. Foram utilizadas dez amostras de quatro acessos, nos estádios de maturação imaturo e maduro. Ensaios de tração e vibração foram realizados para determinar as propriedades mecânicas do sistema fruto-ráquila. O módulo de elasticidade obtido para a ráquila foi de 188,39-385,09 MPa para o estádio imaturo e 109,02-320,54 MPa para o maduro. A razão de Poisson para a ráquila ficou entre 0,20 e 0,52 para o estádio imaturo e entre 0,16 e 0,52 para o maduro. A razão de amortecimento encontrada variou entre 0,02 e 0,12 para o estádio imaturo e entre 0,06 e 0,12 para o maduro. O sistema fruto-ráquila foi caracterizado como subamortecido.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

25-07-2017

Como Citar

VELLOSO, N. S.; SANTOS, F. L.; PINTO, F. de A. de C.; VILLAR, F. M. de M.; VALENTE, D. S. M. Propriedades mecânicas do sistema fruto-ráquila de macaúba. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 47, n. 2, p. 218–225, 2017. Disponível em: https://revistas.ufg.br/pat/article/view/45792. Acesso em: 22 abr. 2024.

Edição

Seção

Artigo Científico