Seletividade e eficiência de herbicidas no controle de plantas daninhas infestantes do sorgo sacarino

Autores

  • Leandro Galon Universidade Federal da Fronteira Sul, Campus Erechim
  • Franciele Fátima Fernades Estudante de Agronomia da Universidade Federal da Fronteira Sul
  • André Andres Pesquisador de Herbologia da Embrapa Clima Temperado, Pelotas/RS/BR
  • Alexandre Ferreira da Silva Pesquisador da Embrapa Milho e Sorgo, Sete Lagoas/MG
  • César Tiago Forte Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia Ambiental da UFFS, Câmpus Erechim

Palavras-chave:

Sorghum bicolor, Ipomoea indivisa, Digitaria ciliaris, Urochloa plantaginea.

Resumo

A carência de herbicidas registrados para o controle de plantas daninhas, em sorgo sacarino, torna-se fator limitante à produção. Objetivou-se avaliar a seletividade de herbicidas em sorgo sacarino e a eficiência no controle de plantas daninhas. O delineamento experimental foi de blocos ao acaso, com quarto repetições. Os tratamentos incluíram cultivares de sorgo sacarino (BRS 506, BRS 509 e BRS 511) e herbicidas aplicados isoladamente em pré-emergência (atrazine - 1.500 g ha-1; atrazine + s-metolachlor - 1.665 g ha-1 + 1.035 g ha-1; flumioxazin - 50 g ha-1; s-metolachlor - 1.440 g ha-1)e pós-emergência (tembotrione - 100,8 g ha-1) e de forma sequencial em pré e pós-emergência (atrazine + s-metolachlor + tembotrione - 1.665 g ha-1 + 1.035 g ha-1 + 100,8 g ha-1; atrazine + tembotrione - 1.500 g ha-1 + 100,8 g ha-1; flumioxazin + tembotrione - 50 g ha-1 + 100,8 g ha-1), mais duas testemunhas, uma capinada e outra sem capina. A fitotoxicidade ao sorgo foi de 98,0 %, 98,0 % e 100 % de tembotrione; 100 %, 98,7 % e 100 % de flumioxazin + tembotrione; 100 %, 100 % e 100 % de atrazine + s-metolachlor + tembotrione; e 98,7 %, 98,7 % e 99,7 % de atrazine + tembotrione, respectivamente para as cultivares BRS 509, BRS 506 e BRS 511. Tembotrione, flumioxazin + tembotrione, atrazine + s-metolachlor + tembotrione e atrazine + tembotrione apresentaram bom controle de Ipomoea indivisa, Digitaria ciliaris e Urochloa plantaginea, porém, não demonstraram seletividade às cultivares de sorgo. O atrazine, de modo geral, apresentou maior seletividade aos componentes de rendimento das cultivares BRS 509 e BRS 506.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Leandro Galon, Universidade Federal da Fronteira Sul, Campus Erechim

Eng. Agr. Pós Doutor pela Universidade Federal de Viçosa (UFV), atual professor Curso de Agronomia da Universidade Federal da Fronteira Sul, Campus Erechim (UFFS).

Franciele Fátima Fernades, Estudante de Agronomia da Universidade Federal da Fronteira Sul

Estudante de Agronomia da Universidade Federal da Fronteira Sul

André Andres, Pesquisador de Herbologia da Embrapa Clima Temperado, Pelotas/RS/BR

Eng. Agr. PhD. em Herbologia e atual pesquisador de Herbologia da Embrapa Clima Temperado, Pelotas/RS/BR

Alexandre Ferreira da Silva, Pesquisador da Embrapa Milho e Sorgo, Sete Lagoas/MG

Eng. Agr. Dr. em Fitotecnia e atual pesquisador da Embrapa Milho e Sorgo, Sete Lagoas/MG.

César Tiago Forte, Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia Ambiental da UFFS, Câmpus Erechim

Eng; Agr. atual Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia Ambiental da UFFS, Câmpus Erechim

Downloads

Publicado

08-06-2016

Como Citar

GALON, L.; FERNADES, F. F.; ANDRES, A.; SILVA, A. F. da; FORTE, C. T. Seletividade e eficiência de herbicidas no controle de plantas daninhas infestantes do sorgo sacarino. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 46, n. 2, p. 123–131, 2016. Disponível em: https://revistas.ufg.br/pat/article/view/39431. Acesso em: 14 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigo Científico