Regimes de luz na produção de conídios de Trichoderma harzianum para controle do mofo branco em feijoeiro

Autores

  • Mariany Dalila Milan ueg
  • Franciely Magalhães Barroso ueg
  • Sueli Corrêa Marques de Mello embrapa
  • Márcio da Silva Araújo ueg
  • Daniel Diego Costa Carvalho Universidade Estadual de Goiás - UEG

Palavras-chave:

Sclerotinia sclerotiorum, controle biológico, escleródios.

Resumo

O mofo branco tem sido responsável por danos expressivos à cultura do feijoeiro. Objetivou-se avaliar o efeito de regimes de luz na produção de conídios de Trichoderma harzianum e na efetividade destes em inibir a germinação miceliogênica de escleródios de Sclerotinia sclerotiorum, bem como de isolados de T. harzianum na supressão de lesões causadas por S. sclerotiorum sobre folíolos de feijoeiro. O isolado CEN287 inibiu a germinação miceliogênica de 80 % dos escleródios avaliados. Tal efetividade não se alterou quanto ao regime de luz empregado para a obtenção dos conídios de T. harzianum. Os isolados CEN287, CEN288 e CEN316 proporcionaram os menores valores médios de lesão foliar aos 10 dias após a inoculação, sendo de 4,25 mm2; 2,97 mm2; e 2,98 mm2, respectivamente. Em relação à testemunha, tais valores foram significativamente inferiores (72,90 mm2), o que impediu a rápida deterioração do tecido vegetal.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Franciely Magalhães Barroso, ueg

Downloads

Publicado

08-01-2016

Como Citar

MILAN, M. D.; BARROSO, F. M.; MELLO, S. C. M. de; ARAÚJO, M. da S.; CARVALHO, D. D. C. Regimes de luz na produção de conídios de Trichoderma harzianum para controle do mofo branco em feijoeiro. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 45, n. 4, p. 434–439, 2016. Disponível em: https://revistas.ufg.br/pat/article/view/37755. Acesso em: 24 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigo Científico