PRODUÇÃO E CARACTERÍSTICAS QUÍMICAS DO CAPIM-ELEFANTE (Pennisetum purpureum SCHUM) PARA ENSILAGEM EM DIFERENTES IDADES DE CORTE

Autores

  • Beneval Rosa UFG
  • Sidnei Roberto de Carvalho Silva CNPq

Palavras-chave:

Altura, carboidratos solúveis, proteína bruta, matéria seca, poder tampão

Resumo

Para avaliar o efeito de três idades de corte (90, 128 e 146 dias) após o plantio sobre a produção e as características químicas do capim-elefante (Pennisetum purpureum Schum) cv. Cameroon, cultivado em latossolo vermelho-amarelo, visando a sua ensilagem, realizou-se este experimento no Departamento de Produção Animal da Escola de Veterinária da Universidade Federal de Goiás, no município de Goiânia - GO. Utilizou-se um delineamento inteiramente casualizado, com 16 repetições, para avaliar a altura das plantas, a produção de matéria seca, os conteúdos de matéria seca, de proteína bruta, de fibra bruta, de cálcio e de fósforo e os teores de carboidratos solúveis e o poder tampão das plantas antes da ensilagem. Os resultados obtidos sugerem a viabilidade do aproveitamento da forragem colhida, nos cortes de diferimento, armazenada na forma de silagem.

PALAVRAS-CHAVE: Altura; carboidratos solúveis; proteína bruta; matéria seca; poder tampão.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

18-12-2007

Como Citar

ROSA, B.; SILVA, S. R. de C. PRODUÇÃO E CARACTERÍSTICAS QUÍMICAS DO CAPIM-ELEFANTE (Pennisetum purpureum SCHUM) PARA ENSILAGEM EM DIFERENTES IDADES DE CORTE. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 27, n. 2, p. 99–107, 2007. Disponível em: https://revistas.ufg.br/pat/article/view/2974. Acesso em: 18 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigo Científico