CONTROLE QUÍMICO DO Thrips palmi (Karny) EM PEPINO (Cucumis sativum L.)

Autores

  • Antônio Lopes da Silva UFG
  • Natan Fontoura da Silva UFG
  • Cláudio Aparecido Silveira Bayer do Brasil
  • Leonardo Barros de Macêdo UFG

Palavras-chave:

Insecta, pepino, Thrips palmi, controle químico

Resumo

O tratamento das plantas de pepino com aplicação na forma de esguicho de inseticidas Imidacloprid (Confidor 700 GRDA e Confidor 200 SC) em diversas dosagens, aos oito dias após germinação, foi altamente eficiente no controle do Thrips palmi (Karny) até 29 dias após aplicação, com 83% a 97% de redução da praga, tendo sido superior aos resultados obtidos com metamidofos (inseticida padrão aplicado em pulverizações semanalmente).

PALAVRAS-CHAVE: Insecta; pepino; Thrips palmi; controle químico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

18-12-2007

Como Citar

SILVA, A. L. da; SILVA, N. F. da; SILVEIRA, C. A.; MACÊDO, L. B. de. CONTROLE QUÍMICO DO Thrips palmi (Karny) EM PEPINO (Cucumis sativum L.). Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 27, n. 1, p. 115–119, 2007. Disponível em: https://revistas.ufg.br/pat/article/view/2960. Acesso em: 26 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigo Científico