Potencial agrícola do uso de resíduo de indústria de carnes em Latossolo Vermelho

Autores

  • André Somavilla Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Departamento de Solos, Santa Maria, RS, Brasil.
  • Vanderlei Rodrigues da Silva Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Departamento de Ciências Agronômicas e Ambientais, Frederico Westphalen, RS, Brasil.
  • Clovis Orlando Da Ros Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Departamento de Ciências Agronômicas e Ambientais, Frederico Westphalen, RS, Brasil.
  • Moacir Tuzzin de Moares Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Departamento de Solos, Porto Alegre, RS, Brasil.
  • Felipe Bonini da Luz Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Departamento de Ciências Agronômicas e Ambientais, Frederico Westphalen, RS, Brasil.

Palavras-chave:

Zea mays L., Helianthus annuus L., adubação orgânica.

Resumo

A utilização de fontes não renováveis, para a produção de adubos minerais, causa grandes impactos ao meio ambiente. A redução desses impactos é favorecida pela crescente busca por novas fontes nutricionais orgânicas, para as culturas. Este trabalho objetivou avaliar a utilização de resíduo de indústria de carnes (RIC) como fonte alternativa de nutrientes para as culturas do girassol e milho. Foram utilizadas cinco doses de RIC (0 m3 ha-1, 25 m3 ha-1, 50 m3 ha-1, 75 m3 ha-1 e 100 m3 ha-1) e um tratamento com adubação mineral. O RIC proporcionou aumento na produtividade de grãos das culturas de girassol e milho. Na cultura do milho, a máxima produtividade foi obtida com a dose de 87 m³ ha-1 de RIC, equivalendo a 92% da produtividade obtida com a adubação mineral. Na cultura do girassol, doses iguais ou superiores a 20 m3 ha-1 de RIC proporcionaram produtividades iguais ou superiores às obtidas com adubação mineral. O RIC apresentou potencial agrícola para uso como fertilizante orgânico, podendo substituir, parcial ou totalmente, a adubação química.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

André Somavilla, Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Departamento de Solos, Santa Maria, RS, Brasil.

Graduando do Curso de Agronomia

Vanderlei Rodrigues da Silva, Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Departamento de Ciências Agronômicas e Ambientais, Frederico Westphalen, RS, Brasil.

Departamento de Ciências Agronômicas e Ambientais. Tutor PET Ciências Agrárias/FW

Clovis Orlando Da Ros, Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Departamento de Ciências Agronômicas e Ambientais, Frederico Westphalen, RS, Brasil.

Departamento de Ciências Agronômicas e Ambientais

Moacir Tuzzin de Moares, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Departamento de Solos, Porto Alegre, RS, Brasil.

Programa de Pós-Graduação em Ciência do Solo

Felipe Bonini da Luz, Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Departamento de Ciências Agronômicas e Ambientais, Frederico Westphalen, RS, Brasil.

Graduando do Curso de Agronomia

Downloads

Publicado

29-09-2014

Como Citar

SOMAVILLA, A.; SILVA, V. R. da; DA ROS, C. O.; MOARES, M. T. de; LUZ, F. B. da. Potencial agrícola do uso de resíduo de indústria de carnes em Latossolo Vermelho. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 44, n. 3, p. 311–317, 2014. Disponível em: https://revistas.ufg.br/pat/article/view/26171. Acesso em: 23 jul. 2024.

Edição

Seção

Ciência do Solo