EFEITO DA LASALOCIDA SÓDICA NA DIGESTIBILIDADE APARENTE DO FENO DE CAPIM Brachiaria decumbens Staph cv basilisk APÓS A COLHEITA MECÂNICA DAS SEMENTES

Autores

  • Geisa Fleury Orsine UFG
  • Beneval Rosa UFG
  • Antônia Ferreira Bernardes UFG
  • Antônio José S. Borges UFG

Resumo

Um experimento foi conduzido para determinar o efeito da adição de lasalocida sódica na digestibilidade aparente de uma forragem de baixa qualidade. Nove carneiros adultos foram distribuídos em gaiolas metálicas, inteiramente casualizadas com três repetições. Os tratamentos utilizados foram: I - Feno de capim Brachiaria decumbens confeccionado após a colheita das sementes; II - Feno mais 35 mg de lasalocida sódica/animal/dia; III - Feno mais 70 mg de lasalocida sódica/animal/dia. O produto que serviu de veículo para a lasalocida sódica foi o TAUROTEC-ROCHE, cuja concentração era de 15%. A lasalocida sódica aumentou em 7,4% a digestibilidade da matéria seca; 30,59% a digestibilidade da proteína e 5,57% a digestibilidade da fibra bruta, quando comparou-se o tratamento I com o tratamento III. Aumentou 6,35% a digestibilidade da matéria seca; 20,49% a digestibilidade da proteína e 2,44% a digestibilidade da fibra bruta, quando comparou-se o tratamento II com III. Muito embora estes valores tenham sido evidenciados, não houve diferenças significativas (P <0,05) entre os tratamentos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

04-12-2007

Como Citar

ORSINE, G. F.; ROSA, B.; BERNARDES, A. F.; BORGES, A. J. S. EFEITO DA LASALOCIDA SÓDICA NA DIGESTIBILIDADE APARENTE DO FENO DE CAPIM Brachiaria decumbens Staph cv basilisk APÓS A COLHEITA MECÂNICA DAS SEMENTES. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 20, n. 1, p. 73–83, 2007. Disponível em: https://revistas.ufg.br/pat/article/view/2596. Acesso em: 21 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigo Científico