COMPOSIÇÃO QUÍMICA E RENDIMENTO DO CAPIM ANDROPOGON (Andropogon gayanus var. Bisquamulatus cv Planaltina) EM DIFERENTES IDADES DE CORTE

Autores

  • Beneval Rosa UFG
  • Antônio José Siqueira Borges UFG

Palavras-chave:

Andropogon gayanus, idade de corte, composição química, rendimento de matéria seca e proteína bruta, feno

Resumo

O presente trabalho foi realizado nas dependências do Departamento de Zootecnia da Escola de Veterinária da Universidade Federal de Goiás, no município de Goiânia, no período de janeiro a setembro de 1986. O objetivo foi determinar a composição química e o rendimento do capim Andropogon (Andropogon gayanus var. bisquamulatus cv. Planaltina) em diferentes idades de corte (40, 54, 68 e 83 dias) após a uniformização, visando à produção de feno. Para estudar a composição química e os rendimentos de matéria seca e proteína bruta antes da fenação, adotou-se um delineamento em blocos casualizados, com 5 repetições. Determinou-se os teores médios de matéria seca, de proteína bruta, de fibra bruta, de cálcio e de fósforo, bem como os rendimentos de matéria seca e proteína bruta. As informações obtidas, neste trabalho, permitiram concluir que as pastagens formadas com o capim Andropogon apresentam boas condições para fenação nas idades de 54 a 68 dias de rebrota.

PALAVRAS-CHAVE: Andropogon gayanus; idade de corte; composição química; rendimento de matéria seca e proteína bruta; feno.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

26-11-2007

Como Citar

ROSA, B.; BORGES, A. J. S. COMPOSIÇÃO QUÍMICA E RENDIMENTO DO CAPIM ANDROPOGON (Andropogon gayanus var. Bisquamulatus cv Planaltina) EM DIFERENTES IDADES DE CORTE. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 17, n. 1, p. 49–58, 2007. Disponível em: https://revistas.ufg.br/pat/article/view/2494. Acesso em: 29 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigo Científico