SUPERAÇÃO DE DORMÊNCIA EM SEMENTES DE SANSÃO-DO-CAMPO (Mimosa caesalpiniaefolia L.)

Autores

  • José Garcia
  • João Batista Duarte
  • Eduardo Garcia Frasseto

Palavras-chave:

Sansão-do-campo, sementes, dormência

Resumo

O Sansão-do-campo é uma planta cuja madeira apresenta múltiplas utilidades, além de se constituir em planta ornamental. É usado para reflorestamentos e cercas vivas, e suas folhas constituem valiosa forragem. As sementes dessa espécie, entretanto, têm apresentado dificuldades de germinação em virtude da impermeabilidade do tegumento. Para a superar o problema, instalou-se um ensaio no Laboratório de Análise de Sementes da Universidade Federal de Goiás, com sementes colhidas na cidade de Jussara, Goiás, em agosto de 2000. As amostras de sementes foram submetidas a tratamento com ácido sulfúrico (H2SO4) P. A. por períodos de 0, 5, 10, 15 e 20 minutos e, posteriormente, ao teste-padrão de germinação. A análise dos dados revelou que a imersão das sementes em H2SO4 por um período de cinco a quinze minutos produziu a maior percentagem de germinação (98%).

PALAVRAS-CHAVE: Sansão-do-campo; sementes; dormência.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

José Garcia

Escola de Agronomia e Engenharia de Alimentos, Universidade Federal de Goiás, C. P. 131, CEP 74001-970, Goiânia, GO.

Downloads

Publicado

22-11-2007

Como Citar

GARCIA, J.; DUARTE, J. B.; FRASSETO, E. G. SUPERAÇÃO DE DORMÊNCIA EM SEMENTES DE SANSÃO-DO-CAMPO (Mimosa caesalpiniaefolia L.). Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 32, n. 1, p. 29–31, 2007. Disponível em: https://revistas.ufg.br/pat/article/view/2437. Acesso em: 25 set. 2022.

Edição

Seção

Artigo Científico