INFLUÊNCIA DO PREPARO DE SOLO E DA ROTAÇÃO DE CULTURAS NA SEVERIDADE DE PODRIDÕES RADICULARES NO FEIJOEIRO COMUM

Autores

  • Rodrigo Fascin Berni
  • Pedro Marques da Silveira
  • Jefferson Luís da Silva Costa

Palavras-chave:

Rhizoctonia solani, Fusarium solani f. sp. phaseoli, práticas culturais, fungos

Resumo

As podridões radiculares do feijoeiro são causadas pelos fungos Rhizoctonia solani Kühn e Fusarium solani f. sp. phaseoli Snyd. & Hans. Neste trabalho testou-se a combinação dos fatores preparo de solo e rotação de culturas, além de se avaliarem seus efeitos sobre as podridões radiculares do feijoeiro. Os tipos de preparo de solo consistiram em: arado+grade (P1), arado (P2), grade (P3) e plantio direto (P4). As rotações de culturas foram: arroz-feijão (R1), milho-feijão (R2), arroz/calopogônio (Calopogonium muconoides)-feijão (R3) e milho-feijão-milho-feijão-arroz-feijão (R4). A severidade de F. solani f. sp. phaseoli, avaliada aos 25 dias após o plantio, apresentou interação significativa, sendo a maior severidade encontrada na combinação da rotação R3 com o preparo de solo P1, e a menor severidade, na combinação da rotação R2 com o preparo de solo P3. Diferenças estatísticas ocorreram na severidade da doença provocada por R. solani. O preparo de solo P3 apresentou maior severidade que P4, e, entre as rotações, R3 apresentou a maior severidade da doença.

PALAVRAS-CHAVE: Rhizoctonia solani; Fusarium solani f. sp. phaseoli; práticas culturais; fungos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rodrigo Fascin Berni

Embrapa Amazônia Ocidental, Caixa Postal 319, CEP 69011-970, Manaus, AM.

Downloads

Publicado

19-11-2007

Como Citar

BERNI, R. F.; SILVEIRA, P. M. da; COSTA, J. L. da S. INFLUÊNCIA DO PREPARO DE SOLO E DA ROTAÇÃO DE CULTURAS NA SEVERIDADE DE PODRIDÕES RADICULARES NO FEIJOEIRO COMUM. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 32, n. 2, p. 69–74, 2007. Disponível em: https://revistas.ufg.br/pat/article/view/2408. Acesso em: 2 mar. 2024.

Edição

Seção

Artigo Científico