ÉPOCAS DE PLANTIO E SEUS EFEITOS SOBRE ALGUMAS CARACTERÍSTICAS AGRONÔMICAS DA SOJA, NO CERRADO DE GOIÂNIA

Autores

  • Alberto Vasconcelos Costa EMGOPA
  • Pedro Manuel F. de Oliveira Monteiro EMGOPA
  • Pedro de Moraes Jardim EMGOPA
  • Huberto José Kliemann UFG

Resumo

Estudou-se diversas épocas de plantio de soja nos períodos agrícolas de 1973/74 e 1976/77, num solo classificado como latossolo vermelho escuro, textura argilosa, fase cerrado, em Goiânia. Concluiu-se que a regularidade do "stand" dependeu das chuvas na época de plantio. As cultivares atingiram floração mais tardia nos plantios realizados no final de novembro, exceto a “UFV-1" que decresceu linearmente a partir do início de outubro a fins de dezembro. Para cada intervalo de 14 dias após o plantio, constatou-se redução média de 5,1 e 6,5 dias no ciclo de maturação das cultivares “UFV-1” e “Júpiter’, respectivamente. As cultivares alcançaram maior altura de planta e de inserção da primeira vagem quando o plantio foi realizado durante a primeira quinzena de dezembro, “UFV-1” e “Júpiter” alcançaram os melhores rendimentos nos plantios realizados em novembro até meados de dezembro. Para a cultivar "Santa Rosa" este período ocorreu do final de outubro a meados de novembro. A utilização de sete épocas de plantio com intervalos de 14 dias proporcionou melhor ajustamento de curvas do que apenas cinco épocas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

12-11-2007

Como Citar

COSTA, A. V.; MONTEIRO, P. M. F. de O.; JARDIM, P. de M.; KLIEMANN, H. J. ÉPOCAS DE PLANTIO E SEUS EFEITOS SOBRE ALGUMAS CARACTERÍSTICAS AGRONÔMICAS DA SOJA, NO CERRADO DE GOIÂNIA. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 9, n. 1, p. 96–107, 2007. Disponível em: https://revistas.ufg.br/pat/article/view/2369. Acesso em: 28 nov. 2022.

Edição

Seção

Artigo Científico