COMPORTAMENTO DO FÍGADO DE CÃES SUBMETIDOS A UMA DOSIFICAÇÃO COM DISOFENOL

Autores

  • Francisco das Chagas Costa dos Santos UFG
  • Paulo Roberto Figueiredo da Silva UFG
  • Eduardo Cavalheiro Jardim UFG

Resumo

Nove cães, de um a dois anos de idade, de ambos os sexos, procedentes do Canil da Prefeitura de Goiânia, após serem submetidos aos exames clínicos de rotina e aos testes de função hepática, foram submetidos à administração de uma dose de 10 mg/KPV de disofenol, via subcutânea, com a finalidade de observar-se a presença ou não de alteração da função do fígado. O sangue, para os testes hepáticos (transaminases glutâmica-pirúvica e glutâmica-oxalacética, e Takata-Ara) foi colhido doze e vinte e quatro dias após a administração da droga. Os autores concluíram, que, nas condições em que se realizou o presente trabalho não foram encontradas alterações gerais e as específicas do fígado, assinaladas na literatura consultada.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

08-11-2007

Como Citar

SANTOS, F. das C. C. dos; SILVA, P. R. F. da; JARDIM, E. C. COMPORTAMENTO DO FÍGADO DE CÃES SUBMETIDOS A UMA DOSIFICAÇÃO COM DISOFENOL. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 8, n. 1, p. 127–132, 2007. Disponível em: https://revistas.ufg.br/pat/article/view/2320. Acesso em: 3 mar. 2024.

Edição

Seção

Artigo Científico