AVALIAÇÃO DE ESPÉCIES DE COBERTURAS DO SOLO COM POTENCIAL DE USO EM SISTEMA DE PLANTIO DIRETO

Autores

  • Luiz Antonio Silva Menezes
  • Wilson Mozena Leandro

Palavras-chave:

Biomassa, leguminosas, adubos verdes

Resumo

Uma premissa para aplicação do sistema plantio direto no cerrado é a produção de fitomassa para propiciar uma boa cobertura do solo. Foi instalado um experimento de campo, em Latossolo Vermelho Amarelo, em Goiânia-GO, para avaliar a produção de fitomassa de oito culturas de cobertura e dois sistemas e cultivo (dez tratamentos experimentais): feijão-de-porco (Canavalia ensiforme), mucuna rajada (Stizolobium dierrigianum), mucuna cinza (Stizolobium muriens), milheto (Pennicetum typhoides), crotalária (Crotalaria juncea), trigo sarraceno (Fagopyrum esculentum), aveia-preta (Avena strigosa) e braquiária (Brachiaria ruziziensis), e dos sistemas de cultivo mínimo e de plantio direto no mato, tendo as próprias plantas invasoras do local como cobertura. A produção de fitomassa foi avaliada aos 20, 50, 80 e 90 dias após a emergência das plantas. Aos 180 e 300 dias, foi determinada a fitomassa seca dos resíduos. Aos 80 dias, foram analisados os teores de C, N, P, K, Ca, Mg, S, Cu, Fe, Mn e Zn nessa fitomassa. As maiores produções de fitomassa total e residual foram obtidas com braquiária e crotalária, que apresentaram melhor potencial de extração de nutrientes do solo. O trigo sarraceno foi a espécie mais eficiente na extração de N, K, Ca e micronutrientes, sendo as maiores quantidades de P acumuladas em milheto e braquiária.

PALAVRAS-CHAVE: Biomassa; leguminosas; adubos verdes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luiz Antonio Silva Menezes

Centro Federal de Educação Tecnológica de Rio Verde, C. P. 66, CEP 75901-970, Rio Verde, GO. E-mail: lasmenezes@ibest. com.br

Downloads

Publicado

08-11-2007

Como Citar

MENEZES, L. A. S.; LEANDRO, W. M. AVALIAÇÃO DE ESPÉCIES DE COBERTURAS DO SOLO COM POTENCIAL DE USO EM SISTEMA DE PLANTIO DIRETO. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 34, n. 3, p. 173–180, 2007. Disponível em: https://revistas.ufg.br/pat/article/view/2311. Acesso em: 13 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigo Científico